Curiosidades

Conheça as réplicas do Ford Modelo A fabricadas nos anos 1980

Réplicas Ford Modelo A

A Shay Motors Corporation produziu 5 mil unidades da versão Roadster. A distribuição era feita pelas próprias Concessionárias Ford

Em 1978 Harry Shay fundou a Shay Motors Corporation, cuja sede ficava na cidade norte-americana de Battle Creek, no Michigan. Seu objetivo era criar réplicas do Ford Modelo A numa versão moderna, mas mantendo fiel o consagrado visual do “calhambeque” fabricado originalmente entre 1928 e 1931. Pretendia fabricar um número limitado de 10 mil carros, que seriam vendidos sob encomenda.

Shay então procurou a Ford, que não apenas chancelou o projeto, fornecendo as devidas autorizações, como também aceitou expor e vender os carros nas redes oficiais de Concessionárias Ford, Mercury e Lincoln. A gigante da indústria automobilística viu ali uma oportunidade de atrair a clientela às concessionárias com a exibição daqueles modelos vintage zero km.

Imagens de propaganda da época

Características das réplicas Ford Modelo A

Ficou estabelecido que a Shay Motors fabricaria réplicas de uma das versões mais populares: a Roadster, o conversível com dois lugares, além do famoso banco traseiro extra, conhecido como “o banco da sogra”.

Com carroceria em fibra de vidro que seguia as medidas exatas do modelo original, utilizava a suspensão e o motor 4 cilindros SOHC 2.3l, o mesmo que equipava o Pinto e outros modelos Ford. O chassi seguia o mesmo desenho do original dos anos 1920, mas com medidas adaptadas à suspensão moderna.

Imagens de propaganda da época

R$ 48.900,00

R$ 32.000,00

Porsche 924 1977
R$ 150.000,00

Fiat Coupê 1995
R$ 60.000,00

Ford LTD 1978
R$ 86.000,00

Ford Verona GLX 1.8
R$ 30.000,00

BMW 740i 1997
R$ 95.000,00

VW Brasília 1974
R$ 22.000,00

VW Kombi 1500 Std 1974
R$ 45.000,00

FNM 2000 JK
R$ 120.000,00

R$ 25.000,00

Mercedes-Benz 280S 1971
R$ 150.000,00

A Shay Motors oferecia suas réplicas em três versões de acabamento:

  • A Standard era equipada com câmbio manual de 4 marchas, estepe instalado na parte traseira e acabamento mais simplificado e 4 opções de cores. Custava US$ 5.950 em 1979.
  • A De Luxe vinha com o estepe montado do lado esquerdo, 8 opções de cores, frisos decorativos, baú porta-malas traseiro, retrovisor do lado esquerdo, rádio e aquecedor. Por US$ 7.450.
  • A Super De Luxe vinha com todos os detalhes da versão De Luxe, além de câmbio automático C4, estepes em ambos os lados com retrovisores acoplados, quebra-ventos decorados, faróis mais potentes e buzinas duplas. Custava US$ 8.950. Embora fosse o mais caro de todos, foi o que mais vendeu.

As três versões eram equipadas com rodas raiadas similares as do Modelo A original, mas com estrutura bastante reforçada, para compensar a maior potência do motor — 88 cv contra os 40 do original — e a maior eficiência dos freios, que eram a disco na dianteira. Independente da versão, as réplicas do Ford Modelo A tinham direção convencional e interior com acabamento padrão em courvin.

Um sucesso comercial

Com a enorme estrutura da Ford, as novas réplicas do Ford Modelo A viraram assunto da mídia. As encomendas começaram a chegar em grande volume a partir de 1979. No entanto, a Shay Motors não se preparou para aquele grande sucesso comercial: a fábrica inicialmente tinha apenas 12 funcionários, divididos em duas equipes que finalizavam apenas dois carros por dia, pois a empresa optou por não adotar o sistema de linha de montagem.  

A fábrica da Shay Motors Corporation em 1980

E, além da demora na entrega, os primeiros exemplares tiveram vários problemas de acabamento, com partes da carroceria desalinhadas, defeitos na fibra de vidro, pinturas precocemente descascadas e até sinais de ferrugem no chassi.

Aquelas réplicas de Ford Modelo A eram um tremendo sucesso! No início de 1980 a Shay Motors já havia atingido seu objetivo de 10 mil encomendas. No entanto, na mesma ocasião, apenas o milésimo carro foi entregue. Muitos clientes se dispuseram a esperar um ano ou mais para receber seu “calhambeque”, mas outros não tiveram tanta paciência, cancelando suas encomendas.

Mesmo assim, a Shay Motors se aventurou em um novo projeto: a réplica do clássico conversível Thunderbird 1955, também com as bençãos da Ford. No entanto, foram fabricados menos de 200 unidades desse novo carro.

Fim da linha para a Shay Motors

Esse De Luxe foi vendido recentemente por US$ 14.900

Mergulhada em dívidas bancárias com altos juros, sem condições de comprar matérias primas para a fabricação dos carros e com uma série de ações judiciais, a Shay Motors encerrou suas atividades em março de 1982 e os ativos da empresa foram vendidos à Camelot Motors, que assumiu a produção até 1986.

Foram produzidas ao todo 5 mil réplicas, metade do que foi pretendido inicialmente. Ainda hoje é possível encontrar exemplares bem preservados a venda. Oficialmente é chamado de “Ford Model A Shay Roadster”. Nos EUA existe até o Shay Owners Club International, que realiza um encontro anual.

O Shay Owners Club International realiza encontros anualmente

Redação: Fernando Barenco
Fotos: propagandas da época e divulgação

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados