Curiosidades

Split Windows: pouca visibilidade,… mas muito estilo

Split Window

Além da Volkswagen, com os primeiros Fuscas, várias outras marcas já adotaram no passado as janelas traseiras bi-partidas, as “Split Windows. Conheça algumas

Como noticiamos aqui, a sofisticada casa de leilões RM Sotheby’s acaba de leiloar três sensacionais carros-conceito Alfa Romeo fabricados nos anos 1950. Eles têm em comum, além das linhas aerodinâmicas, o fato de terem as janelas traseiras (ou vigias) divididas,  as chamadas “Split Windows”.

Trio Alfa Romeo

Os vidros bi-partidos entraram em voga em meados dos anos 1930, época em os automóveis mudaram de estilo e perderam aquele ar de “calhambeque”. E foram usados também nos parabrisas, que geralmente tinham as duas partes separadas por um friso. Solução encontrada para moldar o vidro à carroceria, por uma limitação técnica da época: só se fabricavam vidros planos.

Com o avanço na tecnologia da produção de vidros, os carros passaram a adotar vidros curvos. Assim, as Split Windows foram caindo em desuso. Afinal, uma larga coluna separando os vidros traseiros atrapalhava bastante a visibilidade.

A partir dos anos 1950, os vidros bi-partidos passaram a ser meros e raros exercícios de design mesmo — caso desses Alfa Romeos.

Conheça alguns “Split Windows” mundo a fora.

LINHA BUICK 1936/46

A Buick lançou sua vigia traseira bi-partida em 1936 e a manteve até 1946. Oldsmobile e Pontiac foram outras marcas da Generel Motors a adotar esse design na época.

CHRYSLER AIRFLOW 1934

Ele foi um pioneiro por adotar conceitos de aerodinâmica, algo pouco difundido na época. Foi também um dos primeiros Split Window fabricados em grande escala.

LINCOLN ZEPHYR V12 1936/42

Essa luxuosa linha de modelos do Grupo Ford teve vida breve. Foi fabricada de 1936 a 1942, mantendo a vigia traseira bi-partida até 1940.

LINHA FORD 1936/40

A Ford manteve sua linha com vidros traseiros divididos entre 1936 e 1940. Os Coupês dessa fase estão entre os modelos preferidos entre os fãs de hot rods.

TATRA 600 TATRAPAN

Lançado em 1948, o 600 Tatraplan faz parte de uma linhagem de automóveis aerodinâmicos fabricados  na antiga Tchecoslovaquia. Entre suas principais características está o motor boxer de 4 cilindros refrigerado a ar e instalado na traseira (configuração idêntica a dos VWs).

VOLKSWAGEN 1948/1953

Esse é sem dúvida o mais conhecido Split Window aqui no Brasil, embora tenha sido fabricado na Alemanha. Os primeiros Fuscas importados para cá foram os Split Windows, em 1950. O modelo manteve esse modelo de vigia traseira até 1953.

CHEVROLET CORVETTE 1963

Esse esportivo americano só foi fabricado com Split Windows neste ano. É que o estilo foi muito criticado pela falta de visibilidade. Hoje é uma das mais valorizadas versões do Corvette.

VOLVO PV 444

Um dos maiores sucessos da sueca Volvo em todos os tempos, o PV444 (e sua variante 544) manteve vidros traseiros bi-partidos em seus primeiros anos de produção. Foi fabricado de 1945 a 1966 e se notabilizou por suas vitórias em rallys.

FIAT 508 CS BALILLA BERLINETTA 1935

Versão de competição do 508. Foram fabricados apenas 11 exemplares. Um deles, que participou da Mille Miglia de 1936 foi vendido em 2018 por € 381 mil.

LANCIA APRILIA 1937/49

Esse modelo compacto da marca italiana lançado em 1937 tinha ótimo desempenho, graças a seus cerca de 800 quilos, e a suspensão traseira independente, uma novidade na época. Foi fabricado até 1949, tendo tido a produção interrompida durante a II Guerra Mundial.

DE TOMASO MANGUSTA

O Mangusta foi o segundo lançamento da De Tomaso e  fabricado de 1967 a 1971. Como você pode notar, suas Split Windows têm configuração bastante diferente dos demais modelos citados aqui. Elas compõem as portas em asa de gaivota que cobrem o motor e o compartimento de bagagem.

Texto e edição: Fernando Barenco


LEIA TAMBÉM:

B.A.T 5, 7 e 9: “Obras de arte” Alfa Romeo serão leiloadas em Nova Iorque

Espalhe por aí!
  • 198
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    199
    Shares

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário