Repórter Maxicar

Modelos em argila – as ferramentas de um profissional da Porsche

Modelagem em argila

Aproximadamente 50 modelistas do estúdio Style Porsche trabalham em modelos de argila para futuros carros esportivos. Sua ferramentas de trabalho são únicas – e em muitos casos idealizadas pelos próprios profissionais

Lâminas e raspadores de metal, laços de arame delicados, ferramentas de escultura em madeira e pincéis – esta mala contém mais de cem instrumentos. Mas para que são usados ​​não está imediatamente claro. São as ferramentas de um modelista, no estúdio exterior da Style Porsche, responsável pela produção de modelos em argila (clay models) de futuros carros esportivos – um dos primeiros passos no caminho para transformar uma visão em realidade. Esta maleta é única, pois cada um dos cerca de 50 modelistas da Porsche reúne sua própria seleção. Os especialistas em formas às vezes até produzem suas próprias ferramentas para atender às suas necessidades pessoais.

Modelagem em argila

A maleta de ferramentas personalizadas de um modelista da Porsche


Modelos em argila: até 10 versões em escala

Depois que Michael Mauer, Diretor de Estilo da Porsche, e Peter Varga, Diretor de Design Exterior, escolherem uma seleção de esboços de seus designers, até dez modelos em argila em uma escala de 1:3 serão criados para a competição interna. As equipes de designers e modeladores transformam seus projetos iniciais em formas tridimensionais.

Embora a Porsche também utilize simulações foto realistas baseadas em dados CAD e software de realidade virtual, os modelos em argila desempenham um papel essencial no desenvolvimento de carros esportivos, pois não apenas fornecem uma impressão altamente sensorial da interação típica de formas côncavas e convexas, mas também permitem que os modeladores implementar mais rapidamente as muitas mudanças inerentes ao processo de design. As suas mãos são o complemento perfeito para o olhar dos designers.

Ponto alto da arte em argila usando fotogrametria

O que é comumente chamado de modelo em argila, e até parece um, é, na verdade, feito de plasticina industrial. Barras grandes da massa de modelar são armazenadas a exatos 60 graus Celsius no forno do estúdio, que mantém consistência semelhante à da manteiga amolecida. A plasticina endurece à temperatura ambiente e pode ser processada.

Um total de 100 quilos de plasticina são aplicados manualmente em uma moldura de madeira e espuma rígida para criar um modelo 1:3. Para modelos 1:1, são necessários até 1.200 kg. O modelador usa ferramentas de modelagem para remover material, formar bordas e suavizar superfícies, bem como fitas e filmes para acentuar linhas importantes e produzir faróis e janelas.

VW Saveiro Summer 1996
R$ 70.000,00

R$ 45.000,00

Porsche 924 1977
R$ 169.000,00

Ford Escort XR3 1992
R$ 29.900,00

Ford Verona GLX 1.8
R$ 30.000,00

R$ 215.000,00

VW Brasília 1976
R$ 39.000,00

DKW Belcar S 1963
R$ 69.900,00

R$ 29.900,00

VW Apollo GLS 1.8
R$ 24.800,00

R$ 85.000,00

O processo de seleção interna termina com dois desenhos em tamanho real, que são modelados, cobertos com películas especiais e pintados. Um mesmo modelo pode ter duas faces diferentes para apresentar diferentes variações de design ou equipamentos. No caminho para a maturidade em série, os especialistas registram as dimensões por meio de fotogrametria. Os dados 3D servem de base para o restante do processo de desenvolvimento digital.

Pode levar seis meses para formar o modelo 1:1, que é extremamente realista. Na verdade, é praticamente impossível saber a diferença entre um veículo real e um modelo durante as apresentações. Esse é o auge da arte em argila.

Redação: Alexandre Gunzler – Porsche Newsroom
Fotos: Porsche Newsroom
Video: Canal DPC Cars no Youtube

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados