Clássicos em video

Rio ainda preserva dois Fuscas Taxis

Volkswagens fabricados em 1995 fazem ponto na Tijuca e ainda podem rodar graças a uma autorização especial da Prefeitura

Mesmo em tempos de Uber e de carros modernos, os mais saudosistas — sejam eles cariocas ou turistas — não perdem a oportunidade de fazer uma corrida com dois veteranos que ainda fazem ponto na Tijuca. Prova disso é que esses dois Fuscas taxis fabricados em 1995 rodam em média 100 quilômetros por dia.

Eles têm até aquela tradicional cordinha para fechar a porta, um “acessório” básico da época em que o Fusca era modelo comum na lida, rodando quase sempre sem o banco do carona, o que facilitava o acesso dos passageiros.

A legislação da cidade do Rio de Janeiro exige que para ser licenciado como taxi, o carro deve ter no máximo seis anos de fabricação. Mas graças a uma licença especial concedida pela Prefeitura, eles tiveram o privilégio de adiar por muitos anos as suas aposentadorias. E isso só aconteceu graças a um abaixo-assinado dos fãs e passageiros dos antigos Volkswagens.

E eles já ficaram tão famosos que acabam de virar notícia do jornalismo da Band.


Veja também

Espalhe por aí!

Novidades dos Classificados