Coberturas

XXII Encontro Nacional de Águas de São Pedro – SP

XXII Encontro Nacional Águas São Pedro

Picapes, mas não apenas elas

Com o costumeiro sucesso, pequena cidade do interior paulista realizou seu grande encontro anual de veículos antigos, onde a diversidade de estilos foi a tônica

Águas de São Pedro, uma estância hidromineral distante 187 km da Capital do estado. O menor município de São Paulo em território — apenas 3,61 km² — e com população de menos de 3 mil habitantes, orgulhosamente se transforma uma vez por ano na “Capital Nacional das Picapes”.

XXII Encontro Nacional Águas São Pedro

Desfile de tratores foi atração extra


Mas esse Encontro Nacional que acontece no Parque Dr. Octávio Moura Andrade é bem mais abrangente. Além das picapes originais e modificadas, tem também carros de ambos os estilos, caminhões, ônibus e duas rodas. Sem falar na “tratorzada”, que aconteceu com grande sucesso pela primeira vez em 2019 (por causa da pandemia, o evento teve um hiato de dois anos) e foi novamente uma das atrações da edição de 2022, que aconteceu de 09 a 11 de setembro.

A diversidade de estilos certamente é uma das razões do sucesso desse evento, que reúne antigomobilistas dos quatro cantos de São Paulo e de outros estados brasileiros também.

Vamos ver alguns destaques?

Fords F100: a brasileira e a norte-americana


Fords F100 – Essa picape nasceu nos EUA em 1953 e chegou aqui em 1957. Em Águas de São Pedro foi possível admirar exemplares das mais diversas fases dessa longeva linha que é produzida até hoje. Mas comparativamente nos chamaram a atenção essas duas: a azul e preta é uma De Luxo brasileira 1982; a toda preta é uma XLT Ranger 1977, de fabricação norte-americana. A F100 evoluiu de modo diferente lá e aqui, como contamos numa recente reportagem.

Chevrolet El Caminho e Messerschmitt


Chevrolet El Camino – A ideia de fazer picapes pequenas baseadas em automóveis é bastante difundida no Brasil. Mas é bem antiga nos EUA. Na década de 1910 alguns automóveis já possuíam sua versão picape, caso do Ford T, por exemplo. A El Camino, da Chevrolet, foi lançada em 1959 e ao lado da Rancheiro, da Ford, é uma das representativas desse segmento. Baseada no Chevelle, essa magnífica SS 396 tem motor V8 de 6.5L e foi fabricada em 1968.

Messerschmitt KR — O nome é grande e complicado, mas o carro bem pequenininho! O desenho lembra o de um avião sem asas. Não por acaso. É que a alemã Messerschmitt fabricava aviões até o final da II Guerra Mundial e foi proibida de fazer isso com o fim do conflito. Então, teve que mudar de ramo. Com espaço para dois passageiros, um atrás do outro, e três rodas, esse microcarro pesa 220 quilos e mede 2,80 m.

Ford Thunderbird e Adamo GTM


Ford Thunderbird 1960 – Em 1958 a Ford apresentava a segunda geração do Thunderbird, que passou então a ter espaço para mais dois passageiros. Muita gente gostou da novidade. Outros não suportaram a completa mudança de estilo do elegante conversível lançado em 1955. Seja como for, é inegável a beleza desse magnífico 1960 ‘azul bebê’, que em Águas de São Pedro foi premiado e ficou em companhia de uma manada de Mustangs.

Adamo GTM 1984 – Na indústria dos fora-de-série brasileiros, não foi apenas o MP Lafer o oriundo de uma fábrica de móveis. O mesmo aconteceu com a Adamo, que antes da Lafer, lançou seu primeiro modelo em 1968: uma espécie de buggy. Lançado em 1980, o GTM foi inspirado na Ferrari 308 GT. O motor é um VW 1600 com dupla carburação.

Dodges D100 e D950


Dodge D100 – Uma bela visão a picape Dodge D100 1974. Exemplar da versão de luxo, com parachoques e grade cromados, é uma das mais raras nacionais. Também no XXII Encontro Nacional de Águas de São Pedro um igualmente raro caminhão Dodge D950 1984, já fabricado sob administração da Volkswagen, ao apagar das luzes da Chrysler no Brasil.

Simca Jangada


Simca Jangada 1965 – Pioneira no segmento de station wagons no Brasil, a Jangada é também é uma das mais legais. Essa azul foi merecidamente um dos 40 veículos premiados em Águas de São Pedro esse ano.

Seagreve dos Bombeiros e outros peso-pesados


Caminhão de Bombeiros – Em meio a enormes caminhões e cavalos mecânicos ‘civis’ de marcas como GMC, Peterbilt, Kenworth, entre outros, nos chamou a atenção o caminhão de bombeiros Seagrave 1987. Importado para o Brasil em 2017, esse amarelinho por décadas prestou valiosos serviços à comunidade da pequena North St. Paul, cidade de apenas 12 mil habitantes, em Minnesota.

A Chevrolet 3100 “Martha Rocha” levou o prêmio máximo do XXII Encontro Nacional Águas São Pedro


The Best in Show – Foi eleito o melhor veículo do evento essa bela picape Chevrolet 3100 1956. Como você já deve saber, esse modelo foi apelidado no Brasil de “Martha Rocha”, em homenagem à nossa eterna Miss Brasil. 

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz – Visite sua Loja Virtual


Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados

Volta Redonda 2024