Repórter Maxicar

O ousado Citroën SM: conforto, beleza e muita eficiência

Citroën SM

Conheça um pouco mais sobre esse prestigioso francês com pegada esportiva, com o potente motor Maserati V6

Apresentado pela primeira vez no Salão Automóvel de Genebra em 1970, o Citroën SM (Sport Maserati), trouxe ao mercado soluções técnicas da época, como a suspensão hidropneumática, inaugurada pelo sedã DS, entre outras novidades. Com um design forte e marcante, esse GT cupê de duas portas e quatro lugares teve sua linha aerodinâmica projetada por Robert Opron, famoso designer automotivo francês, que trouxe um visual futurista ao modelo, chamando muita atenção por onde passava.

O Citroën SM foi o veículo mais exclusivo já feito na década de 1970, combinando uma carroceria Gran Turismo com a suavidade da suspensão hidropneumática. Todos movidos por um imponente motor V6 de origem Maserati. O sistema de direção hidráulica progressiva Diravi, com apenas duas voltas, completava o incrível conjunto, tornando sua condução muito agradável. O Citroën SM foi também o primeiro modelo produzido em série na Europa com regulagem de altura e profundidade do volante.

Participar em atividades desportivas internacionais, vencer o rali de Marrocos e muitos outros. O SM era, de fato, um Gran Turismo que atendia às expectativas de quem queria dirigir um veículo com potência, aliado ao conforto visto nos melhores modelos de luxo da época. Era largo, baixo, muito elegante e decididamente aerodinâmico (seu coeficiente era 0,26; índice surpreendente até os dias atuais).

Algumas versões especiais do SM foram produzidas, como a feita para o então presidente da França, Georges Pompidou. Mas as versões tradicionais foram muito apreciadas por clientes famosos, como Johan Cruyff, Jay Leno, o ator Burt Reynolds e o também ator Daniel Craig.

Texto: Stellantis Communications
Fotos: Divulgação


Veja também

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados