Clássicos em video

O Fusca Gigante que faz sucesso na Califórnia

Espalhe por aí!

VW Cabriolet foi construído artesanalmente em escala perfeita, 40% maior que um Fusca normal. Visualmente tem todos os detalhes do carro original

Donos de um VW Beetle Cabriolet 1959, Scott Tupper e seu pai Richard sempre foram fãs do Fusca, mas achavam que ele era muito pequeno para o trânsito da Califórnia, dando a sensação de que a qualquer momento poderiam ser “atropelados” por algum grande utilitário moderno, tipo SUV ou picape. Resolveram então fabricar um Fusca Gigante.

40% maior

A ideia inicial era a de fazer um carro 50% maior que o original, mas o projeto esbarrou na legislação de trânsito. Então, reduziram para 40%. O primeiro passo era obter as escalas exatas do Fusca em tamanho real e em seguida ampliar tudo. Para isso usaram como modelo o Cabriolet 1959 que foi inteiramente escaneado no computador.

Depois fabricaram cada peça e painel da lataria, que é de metal. O projeto original previa inclusive a fabricação de um motor boxer refrigerado a ar, como o do Volkswagen, mas com dimensões proporcionais e potência ampliada. Ele também seria instalado na traseira. Mas isso encareceria demais a empreitada. Optou-se então por um motor Hemi V8 de 5.7 litros, que foi parar no espaçoso porta-malas do Fusca Gigante. O chassi também tinha que ser proporcional. Assim, optaram por um de caminhão Dodge.

Fusca Gigante, com proporções perfeitas

O Fusca Gigante levou 3 anos para ficar pronto, tempo até curto, se levarmos em conta a complexidade do projeto. Visualmente, ele é perfeito nos mínimos detalhes: carroceria, para-choques, faróis, lanternas, rodas, pneus, vidros, interior… até o escapamento é duplo, como nos VWs.

Mas embora a aparência seja a de um Fusca normal, ele tem soluções muito criativas para esconder itens modernos de conforto. Além da direção hidráulica e dos vidros elétricos, o Fusca Gigante é equipado com câmbio automático. Para disfarçar, foi instalada uma manopla de câmbio convencional e dois pedais de freio, já que ele não tem embreagem. Instrumentos extras foram instalados sob o painel e são retráteis, desaparecendo como mágica, quando o carro é desligado.


Veja também

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados