Curiosidades

Uma coleção de carros famosos, velozes e para lá de exóticos

carros velozes famosos exóticos

Modelos únicos pertencem a um casal de colecionadores da Califórnia. São dragsters, carros de corrida e da TV. Serão leiloados em janeiro

Jackie e Gary Runyon são um casal de Carmel, Califórnia. Passaram as últimas décadas colecionando carros bem exclusivos. Chegaram a ter mais de sessenta. Há alguns anos chegaram à conclusão que era hora de mudar o foco da coleção, investindo em modelos mais convencionais, automóveis originais e jamais restaurados. Sem pressa, em 2017 leiloaram alguns exemplares.

Agora, resolverem repetir a dose, disponibilizando mais alguns desses raros veículos em um leilão promovido pela Mecum, que acontece em janeiro do ano que vem, na Flórida. Entre os trinta e três lotes, está por exemplo, o último Corvette da primeira geração fabricado, um 1962 preto, que promete alcançar um valor astronômico.

Mas o que nos chamou a atenção nesse leilão foram oito veículos para lá de foras-do-comum, criações exclusivas, que têm em suas histórias gente famosa no mundo do design automotivo e das pistas.

Dragster 1970

Dragster projetado e construído por Don Long, que tem como principal característica o motor à frente do piloto, uma tendência da época. Pertenceu ao famoso ator e piloto Tommy Ivo, hoje com 85 anos. Carro campeão em provas de arrancada de 400 metros da Califórnia. A carroceria é toda em metal e o motorzão é um Hemi V8 426 com supercharger. Rodas de alumínio com pneus slick Goodyear na traseira e de bicicleta na dianteira.  Paraquedas. Acompanha o capacete original de Tommy Ivo.

Dodge A100 1969

Réplica da famosa picape “Little Red Wagon” 1964, construída por Jim Schaeffer e John Collier e usada como veículo de exibição em provas de arrancada. A original acabou destruída em um acidente em 1975.  O motor Hemi V8 426 é central, instalado na caçamba. Antes de pertencer ao casal de colecionadores, essa réplica fazia parte do acervo do Don Garlits Museum of Drag Racing, na Flórida.

Ônibus Escolar Chevrolet 1948

Hot rod com potência de sobra, graças ao motor Chevrolet V8 355 com carburadores Edelbrock e supercharger. Veículo restaurado e personalizado em 2014. A chamativa pintura amarela típica dos ônibus escolares norte-americanos, contrasta com o interior sóbrio em tecido cinza. Na traseira os dizeres “paradas frequentes”, foram providencialmente substituídos por “partidas rápidas”!

Dragula 1964

Projetado pela equipe do mago dos carros do cinema e TV George Barris para a série “Os Monstros” que foi exibida também aqui no Brasil. Batizado de Dragula, foi fabricado a partir de um autêntico caixão comprado em uma funerária da Califórnia.  A pintura dourada combina com o fúnebre interior roxo. O motor é um Ford V8 289 com transmissão automática.

Dodge Charger 1977

É um dos últimos dragsters de Tommy Ivo e não foi muito usado em corridas na época. O motor é um Hemi V8 426 com supercharger e configurado para uso com nitrometano. A carroceria é uma bolha de fibra de vidro que reproduz o Dodge Charger 1977.  Foi restaurado pelo famoso customizador de funny cars Cruz Pedregon.

Turbosonic 1964

Essa nave espacial sobre rodas é mais uma obra de George Barris, dessa vez em parceria com Les Tompkins, Dick Dean e Tom Daniels. Tem três rodas e motor traseiro de turbina de 1.000 hp, com cambio de duas marchas. A carroceria mistura alumínio e fibra de vidro. Alcança impressionantes 300 milhas/h. Paraquedas e asas ajudam a parar. A cabine do piloto é à prova de fogo. Não à toa Barris o chamava de “o carro de corridas do século 25”.

Buick Showboat Wagon Master 1961

Esse dragster de 1961 é uma criação do ator e piloto Tommy Ivo, já citado aqui. Uma parceria dele com o fabricante de chassis Kent Fuller. É equipado com nada menos que quatro motores Buick V-8, dois conectados às rodas dianteiras e os outros dois às rodas traseiras. Ele foi remodelado pelo próprio Tommy em 1982, ganhando essa configuração station wagon.

Chrisman Bonneville Coupe 1953

Deixamos para o final o carro mais importante de nossa lista. Criação dos famosos irmãos Art e Lloyd Chrisman, ele estreou com recorde de velocidade no Bonneville Salt Flats. No ano seguinte bateu ali três outros recordes, chegando a 196 milhas/h. Sua carroceria é baseada em um Ford dos anos 1930 bastante modificada e o chassi de aço tubular. Considerado um dos melhores hot rods de todos os tempos, foi vendido nos anos 1960 para George Barris, que o modificou para um programa de TV, tornando-o irreconhecível. Anos depois, Art Chrisman o comprou de volta e resgatou a configuração original. Em 2001 foi premiado no Pebble Beach Concours d’Elegance na categoria “Famous Hot Rod Coupes”.


Veja também

ANUNCIE GRÁTIS!