MaxiBlog

Que tal visitar o Museu Opel Classic sem sair de casa?

Museu Opel Classics

Fabricante alemã está oferecendo um tour virtual em 360º por seu acervo. A Opel tem 159 anos e os Chevrolets brasileiros são baseados em sua linha

Nesses tempos de pandemia, em que as viagens ao exterior e as atrações turísticas do mundo todo têm sofrido muitas restrições, uma boa alternativa é fazer uma visita virtual aos lugares que a gente mais curte. Por isso a Opel está oferecendo uma visita virtual com imagens em 360 graus ao Opel Classic, seu museu de fábrica em Rüsselsheim, Alemanha.

Opel Classic em temas

O passeio pode ser feito de uma só vez, através de três recintos, ou dividido em quatro partes temáticas. A primeira é a “Alternative Antriebe”, onde é possível conhecer alguns experimentos da Opel em termos de mobilidade, como o RAK 2, veículo com propulsor de foguetes com o qual Fritz von Opel bateu o recorde mundial de velocidade, em 1928.

O segundo tema é o “Rally Racing” com bólidos com os quais a Opel foi campeã das pistas. Nele você vai saber um pouco sobre o Ascona que foi o Campeão Europeu de Rally de 1974 e sobre o Kadett GSi campeão do Rally da Alemanha de 1989.

A próxima parada é no “Roaring Twenties”, ou “loucos anos 20”, que exibe os primeiros automóveis da marca Opel, como o 4/12 PS 1924 e o seu sucessor, o 4/16 OS 1928.

O quarto e último tema é “Mobilität für Millionen”, uma panorâmica da linha Opel ao longo de sua história, com automóveis que levaram mobilidade a milhões de pessoas mundo afora, ao longo de mais de cem anos. É sem dúvida o mais interessante para nós brasileiros, pois é possível ver modelos que originaram a linha Chevrolet nacional, como Rekord (Opala), Ascona (Monza), Kadett, Astra, entre outros.

A Opel

A alemã Opel foi fundada em 1863 e durante seus três primeiros anos fabricou exclusivamente máquinas de costura. Logo se tornou uma potência do ramo. Em 1885 já tinha 300 funcionários, que fabricaram 18 mil máquinas de costura. Depois passou a produzir também bicicletas. A fabricação de automóveis começou na virada para o Século XX. Mas a fabricação de máquinas de costura continuou até 1911, quando a fábrica sofreu um grande incêndio.

Em 1920 tornou-se a primeira fabrica alemã de automóveis a adotar a linha de montagem. Em 1929, a Opel tornou-se subsidiária do grupo americano General Motors, que comprou 80% de suas ações.

Embora nunca tenha se instalado no Brasil, a grande maioria dos modelos Chevrolet fabricados aqui são baseados na Linha Opel. A começar pelo Opala, nossa versão do Opel Rekord C. Depois vieram Chevette, Monza, Kadett, Vectra, Astra, Omega, Corsa, Zafira…

A Opel pertenceu ao grupo General Motors até 2017, quando foi vendida ao Grupo PSA, formado pelas francesas Peugeot e Citroën. Esse por sua vez foi vendido em 2020 à Fiat Chrysler, formando agora o poderoso Grupo Stellantis.


Veja também

Espalhe por aí!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

ANUNCIE GRÁTIS!

Web Stories

Encontros de carros antigos Os carros mais “felizes” do mundo! Onde foram parar as nossas peruas?