Repórter Maxicar

Eckhart Collection: coleção dos sonhos vai a leilão nos Estados Unidos

A Eckhart Collection reúne nada menos que 240 automóveis, alguns valendo mais de US$ 2 milhões. Tudo será vendido no mês que vem, por causa de uma decisão judicial

O que leva alguém a formar ao longo de anos e anos uma coleção de automóveis tão incrível que faltam até adjetivos para expressar e depois abrir mão de tudo, colocando o ‘pacote’ todo a venda de uma só vez em um leilão? No caso do milionário Najeeb Khan — o dono da Eckhart Collection — a surpreendente decisão teve, digamos, uma ajudinha da justiça americana. É que o megaempresário, dono da Interlogic Outsourcing, foi condenado por uma fraude financeira que ultrapassou os US$ 100 milhões e a corte ordenou a venda desse acervo fantástico para o pagamento de credores.

Tudo será leiloado entre os dias 22 e 24 de outubro, na pequena cidade de Eckhart, que dá nome à coleção e que fica no estado de Indiana. São 240 carros, além de várias motocicletas, e muitos itens de memorabília e peças de reposição.

Trata-se de uma coleção para lá de eclética. Tem automóveis vintage das primeiras décadas do século passado, superesportivos, microcarros, utilitários, clássicos europeus e japoneses, tratores, ônibus e até um singelo furgão Crosley de sorvete da década de 1940.

Alguns dos mais caros

• Mercedes-Benz 300 Sl Gullwing 1955  – Esse famoso alemão com portas ‘asas de gaivota’, dispensa apresentações e é um dos mais cobiçados clássicos de todos os tempos. Em leilão, alcança sempre valores estratosféricos.
Estimativa de venda: US$ 1.600.000

• Iso Grifo GL Series I 1968 – O belo esportivo de Giorgetto Giugiaro tem motor V8 da americana Chevrolet. Foram fabricados somente 471 unidades.
Estimativa de venda: US$ 425 mil

• Mercedes-Benz 300 S Roadster 1953  – Não se engane pelas aparências. Essa joia da Mercedes Benz no pós-Guerra teve a mecânica toda atualizada.
Estimativa de venda: US$ 600 mil

• Ferrari 225 S Berlinetta 1952  – O quinto de apenas 21 exemplares construídos. Carro premiadíssimo em eventos Ficou em 2º lugar na Mille Miglia italiana de 1952. É o carro mais caro do leilão.
Estimativa de venda: US$ 3.500.000

Toyota 2000 GT 1967 – Um dos mais importantes esportivos japoneses já produzidos. Com volante do lado esquerdo, destinado ao mercado do ocidente, foram só 62 unidades.
Estimativa de venda: US$ 850 mil

• Cooper-Jaguar T38 Mk II 1952  – Um dos três exemplares construídos. Seis vitórias em Goodwood e Silverstone durante as temporadas de 1956 e 57. Aliás, vários modelos da Jaguar estão entre os mais caros deste leilão.
Estimativa de venda: US$ 2.500.000

• Fiat 8V Supersonic – A Fiat que na época construía carros pequenos e econômicos surpreendeu com esse potente esportivo V8 encarroçado pela Ghia.
Estimativa de venda: US$ 2.200.000

• Fiat 8v Coupe 1954 – Outro Fiat fora do padrão da marca. Este mais luxuoso, mas também esportivo e potente. Carroceria Vignale e motor V8. Fabricado por apenas 2 anos com produção de cerca de 110 carros.
Estimativa de venda: US$ 1.600.000

• Lamborghini Miura P400 S 1969  – Um dos mais simbólicos modelos da marca. Superesportivo que alia design, potência e inovação.
Estimativa de venda: US$ 1.400.000

Bem interessantes

• Ford Bronco 1967 – Esse utilitário americano virou cult nos últimos anos e viu seu valor chegar às nuvens. A versão contemporânea que a Ford acaba de anunciar para o final de 2020 tende a alavancar ainda mais os valores da versão clássica.
Estimativa de venda: US$ 50 mil

• Plymouth Special Deluxe 1948 –  Essa clássica Station Wagon Wood é um exemplar original de  fábrica, sem restauração, o que a valoriza ainda mais.
Estimativa de venda: US$ 75 mil

• Hudson Commercial 1946 –Uma das pioneiras pick-ups baseadas em automóveis, no caso o Commodore. Veículo raríssimo dessa marca extinta.
Estimativa de venda: US$ 40 mil

• Tatra T87 1938 – Tudo é interessante nesse carro aerodinâmico e fora do comum fabricado na antiga Tchecoslováquia. O motor traseiro é um V8 refrigerado a ar. Não é à toa que está muito bem cotado neste leilão.
Estimativa de venda: US$ 400 mil

• Citroën DS 21 Conversível 1966 – Ícone francês, o DS teve sua versão Conversível criada fora da fábrica, pelo construtor independente parisiense chamado Henri Chapron. A Citroën gostou tanto da ideia que acabou a oficializando. Foram fabricados um total de 1.365 pelo próprio Chapron.
Estimativa de venda: US$ 275 mil

• Sunbeam Tiger 1967 – Este conversível britânico é bem raro. Aqui no Brasil se tornou conhecido como o carrinho vermelho dirigido pelo Agente 86, na abertura da famosa série americana dos anos 1960.
Estimativa de venda: US$ 100 mil

• Citroën 2CV Sahara – Entre as várias versões do 2CV essa é uma das mais interessantes. Trata-se de um 4X4 com dois motores, cada qual tracionando um conjunto de rodas, que podiam ser acionados separadamente. Foi projetado para o uso de garimpeiros franceses na África.
Estimativa de venda: US$ 100 mil

Para lá de curiosos

• Iso Isettacarro 500 1957  – Pequena pick-up baseada no Isetta, carrinho fabricado aqui no Brasil pela Romi. Publicamos uma matéria sobre ela recentemente. LINK
Estimativa de venda: US$ 25.000

• Elcar Model  8-91 Roadster – A curiosidade sobre este simpático calhambeque é que ele foi construído artesanalmente lá mesmo na pacata Elkhart, Indiana — a cidade da coleção e acontecerá o leilão. Foram fabricados somente duas unidades e esse é o único sobrevivente.
Estimativa de venda: US$ 80 mil

• White Model 706 Tour Bus 1936  –  A White Company of Cleveland, fabricou mais de 500 ônibus do Modelo 706 entre 1936 e 1939 para uso nos parques nacionais americanos. Ele tem teto de lona, oito portas e capacidade para apenas 17 passageiros.
Estimativa de venda: US$ 150 mil

• Subaru 360 Deluxe 1970 – Esse minúsculo automóvel japonês fica ainda mais fofinho nessa versão de Polícia. O motor de 2 cilindros tem 356 cc.
Estimativa de venda: US$ 25 mil

• Citroën Méhari 1970 – Esse bem transado jipinho para quatro passageiros foi pensado tanto para uso no trabalho quanto no lazer. Sua grande inovação foi a própria carroceria: 100% plástico ABS já colorido, que dispensava a pintura.
Estimativa de venda: US$ 20 mil

• Lloyd Lt 600 Van 1960 – Muito raro micro-ônibus alemão que pertenceu à extinta companhia Aérea americana Pan Am. Preserva a pintura e grafismos originais. Acompanha materiais colecionáveis da época.
Estimativa de venda: US$ 45 mil

• Volkswagen Microbus De Luxe ‘21-Window’ 1966 – Sim, nosso último veículo curioso do leilão é essa velha conhecida dos brasileiros: a Kombi. Mas o que ela tem curiosa, além do fato de ser uma ’21 Janelas’, que nunca tivemos por aqui? A curiosidade fica por conta do preço estimado de venda, que você confere a seguir.
Estimativa de venda: US$ 130 mil!

Você pode conhecer todos os lotes desse fantástico leilão promovido pela RM Sotheby’s nesse catálogo digital, que tem nada menos que 326 páginas.

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Calálogo RM Sotheby’s

Espalhe por aí!
  • 87
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    88
    Shares

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados