Curiosidades

313, o carro do Pato Donald

Sua primeira aparição aconteceu em um desenho animado de 1937. Mais de 80 anos depois, o simpático carro do Pato Donald é conhecido apenas pelo número da placa: 313

Quando se fala em carros nos quadrinhos ou desenhos animados, sempre vem à cabeça as imagens do Batmóvel, Mach 5, ou algum dos carros do clássico desenho “Corrida Maluca” . Mas um carro que todos devem ter visto ao menos uma vez na vida não possui nome, é do fictício modelo “Belchfire Runabout”, e é conhecido apenas pelo número de sua placa: 313. Pertence ao Pato Donald.

A primeira aparição

A primeira aparição do carrinho se deu no ano de 1937 no desenho animado “Don Donald”, onde o pato, para impressionar uma patinha de nome Donna (que depois viria a ser conhecida como Margarida no Brasil), troca seu burro de estimação pelo carrinho. Nos quadrinhos, a estréia do 313 se deu no ano seguinte, nas tiras de jornais produzidas por Al Tagliaferro. Mas como quase tudo referente aos patos, foi Carl Barks que deu a origem “definitiva” para o carro. Segundo o mestre, ele havia sido construído pelo próprio Donald, que usou partes de vários carros antigos. Essa versão foi base para uma história mais recente, produzida por Don Rosa, no qual durante a reforma anual do 313, as partes do carro são vendidas como sucata, e Donald precisa recuperá-las das mais diversas formas.

 

A partir daí, o 313 se tornou companheiro inseparável da família Pato, levando Donald e os parentes nas mais longas viagens. Um banco traseiro foi inserido, para que os sobrinhos Huguinho, Zezinho e Luisinho pudessem se acomodar quando o Tio Patinhas ou a Margarida faziam companhia ao quarteto.

Quando passou a agir como o Superpato, Donald levou o carro ao Professor Pardal, que instalou diversos dispositivos, que deixariam um certo morcego morrendo de inveja, para auxiliar o herói. Nessas horas, a placa característica é coberta por outra contendo apenas um X.

313_donald2

Na Itália, onde os personagens Disney fazem um enorme sucesso, e principal berço atual das produções de histórias, várias miniaturas foram lançadas, muitas delas vindo encartadas na revista Topolino. A melhor e mais fiel, foi a publicada pela editora De Agostini, que lançou o carro em 3 fascículos colecionáveis, sendo de uma fidelidade ímpar. Pena que isso nunca chegou por aqui…
E o mais legal: um fã resolveu levar a sério o carro e construiu um 313 de verdade. Ficou ótimo! Bem parecido com o dos quadrinhos.

E quem diria que o 313 já tem mais de 80 anos! com certeza vai continuar levando a família Pato por muito mais aventuras.

Texto: Wellington Araújo

Espalhe por aí!
  • 88
  •  
  •  
  • 13
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    101
    Shares

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Adesivos Maxicar

Novidades dos Classificados