Clássicos em video

Essa é provavelmente a maior coleção de Mercedes-Benz SL/SLC do mundo

São nada menos que 49 carros nas versões conversível (SL) e Coupê SLC. Infelizmente está prestes a ser desfeita

Será leiloada hoje, 29 de novembro, essa impressionante coleção de Mercedes-Benz, que pela sua especificidade, é provavelmente a maior do mundo, pois reúne somente exemplares da Série 107: a conversível SL e a coupê SLC. Os carros encontram-se na Holanda e o nome do proprietário não foi revelado pela Classic Car Auctions, empresa responsável pelo leilão online.

Com valores variando entre 2.150 Euros (350 SL 1971) e 12.750 Euros (300 SL 1986), as versões também são bem diversificadas, indo do 280, com motor de 6 cilindros, ao potente 560, com V8 de 5.6 litros.

Carros, motos, decorações, miniaturas, peças, ferramentas e literatura
(24) 2243-2876 / 98856-2876

O Mercedes-Benz SL/SLC teve a maior parte de sua produção destinada ao mercado norte-americano, então essa fantástica coleção inclui a versão europeia — com os clássicos faróis retangulares — e a americana — com quatro faróis redondos e os nada discretos (para não dizer horrendos) parachoques retráteis. Uma exigência da legislação norte-americana da época.

A longevidade do Mercedes-Benz SL/SLC

A Série 107 foi uma das mais longevas da Mercedes-Benz, sendo lançada em 1971. A Conversível de dois lugares SL teve a difícil missão de substituir a famosa W113, conhecida como “Pagoda”, por causa do formato de seu teto rígido. A versão Coupê 2+2 lugares, foi batizada de SLC e era ligeiramente mais longa que a Conversível. A SL foi produzida até 1989 e a SLC até 1981. Somando os dois modelos, a produção total foi de pouco mais de 300 mil unidades, 68% dela destinada ao mercado dos EUA.

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.