Repórter Maxicar

Como foi a restauração da VW Kombi Samba mais antiga de que se tem notícia

Kombi Samba

Fabricada em 1951, sua descoberta em 2017 foi um verdadeiro “achado arqueológico”. E acredite, ela foi recuperada!

Em junho de 2017 publicamos aqui no Maxicar uma matéria a respeito da descoberta na Alemanha de uma VW Kombi 1951, que ficou perdida no meio do mato por mais de 50 anos. O que restou dela você pode ver na foto acima. Milagrosamente, os dados do chassi e da plaqueta de identificação ainda podiam ser lidos. Constatou-se que era uma das 100 primeiras da versão Samba (com 23 janelas e teto solar panorâmico) produzidas. E ainda: que nos registros da Volkswagen existe cadastrada apenas uma Kombi Samba com numeração de chassi mais baixo. No entanto, pelo menos até àquela ocasião, não se sabia o paradeiro dela.

Confira a nossa reportagem de 2017!

O novo proprietário da perua, o especialista em Volkswagens clássicos Florian Kalff, de Bonn – Alemanha, se dispôs a encarar o desafio de recuperar aqueles “restos mortais”, algo que até os mais otimistas consideravam impossível. A previsão era que o trabalho levasse de cinco a 10 anos para ser concluído.

Seis anos depois…

Kombi Samba

Nessa imagem do início de 2022 a Kombi Samba de Florian Kalff ainda estava sem os vidros


Agora, passados seis anos, fomos atrás de saber se realmente o projeto foi a diante. E se sim, em que pé estaria a restauração da histórica Kombi Samba de Florian? Então descobrimos que ele criou um blog com o passo-a-passo de todo o processo. No entanto, a última postagem era de março do ano passado. A parte de lanternagem (ou funilaria, se preferir) estava pronta, faltando a pintura.

Pesquisando mais a fundo, descobrimos que para preservar a história e autenticidade do carro, Florian optou por não a restaurar por completo, finalizando tudo com uma bonita pintura em dois tons — vermelho e preto — como quando o carro saiu da linha de montagem.  

Como sobrou pouca coisa da carroceria original, optou por “enxertar” o que restou nos novos painéis utilizados, com o objetivo de aproveitar ao máximo tudo aquilo que foi resgatado em maio de 2017. Apenas os novos painéis da carroceria receberam uma nova pintura. Toda a lataria original permanecerá com aspecto enferrujado, apenas com tratamento antioxidante.

Alfa Romeo 2300 Ti4 1985
R$ 95.000,00

Mercedes-Benz 300 SL 1992
R$ 195.000,00

VW Kombi 1500 Std 1974
R$ 45.000,00

VW Saveiro Summer 1996
R$ 70.000,00

Mercedes-Benz SL 500 1993
R$ 180.000,00

Willys Jeep CJ2A 1948
R$ 105.000,00

Ford Escort XR3 1992
R$ 29.900,00

R$ 80.000,00

Ford Verona GLX 1.8
R$ 30.000,00

VW Voyage LS 1.6 1986
R$ 50.000,00

R$ 215.000,00

A reestreia da histórica Kombi Samba

Kombi Samba

Sucesso no mega evento Hessisch-Oldendorf 2022


Em agosto do ano passado, Florian fez a triunfal reestreia de sua Barndoor 1951, participando de um dos maiores encontros de Volkswagens do mundo, o Hessisch-Oldendorf, que contou com a participação de mais de 800 VWs antigos, vindos de outros 21 países, além da própria Alemanha. Foi a primeira vez que Florian a colocou na estrada, numa cautelosa viagem de 270 quilômetros pela famosa Autobahn, que levou mais de cinco horas, com algumas paradas pelo caminho.

A participação no evento e a história do resgate e restauração, você acompanha nesse vídeo. Não esqueça de ativar as legendas em Português. A não ser, é claro, que você saiba Alemão.

E descobrimos qual será o próximo feito de Florian a bordo de sua Kombi Samba “ressuscitada”: em maio, ele irá participar na Holanda do Ben Pon Show, um evento que reúne Kombis de toda a Europa, no qual ela certamente será uma sensação.

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: blog.entfallteiledienst.de/
Video: Canal WDR Reisen, no Youtube


Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados

Volta Redonda 2024