MaxiBlog

Furacão Ian destrói dois valiosos MOPAR na Flórida

MOPAR

Dodge Daytona e Plymouth Superbird que estavam estacionados na garagem foram arrastados para a praia

O furacão Ian, que passou pelo estado norte-americano da Flórida nesta quarta-feira — acarretando grande devastação e deixando ao menos 15 mortos — causou também um grande prejuízo ao colecionador Mike Walton, morador de Bonita Beach, cidade litorânea do condado de Lee.

Mike guardava na garagem de sua casa à beira-mar quatro raros e valiosos clássicos MOPAR, armazenados numa estrutura metálica levadiça de dois andares: dois Plymouths Superbird e dois Dodges Daytona.

MOPAR

Na primeira imagem, a garagem de Mike e seus quatro MOPAR. Na segunda, ele examina o Superbird, calculando os prejuízos


De acordo com o jornal Tampa Bay, ele apenas conseguiu tirar dois carros da garagem e levá-los para um terreno mais elevado antes da chegada do furacão, torcendo para que os outros dois estivessem seguros na parte de cima.

Mas na manhã seguinte encontrou o Plymouth laranja 1970 de cabeça para baixo e o Dodge vermelho 1969 bastante amassado, ambos na areia da praia, em frente à luxuosa casa. Mas, apesar do prejuízo, ele comemorou o fato de os dois raros MOPAR não terem ido parar muito longe.

A mesma sorte não teve o proprietário desse Rolls Royce, que foi parar longe, numa área de mata.

O Rolls Royce foi parar longe de casa, numa área de vejetação


O Daytona e o Superbird

O Superbird e o Daytona são “primos em primeiro grau”, ambos fabricados pela Chrysler. O Dodge Daytona é uma versão de alta performance do Charger R/T, enquanto o Plymouth Superbird é uma versão de alta performance do Road Runner. Ambos foram criados para fins de homologação nas corridas da NASCAR e têm como principais características a frente alongada em fibra de vidro e o enorme aerofólio traseiro. São carros de corrida feitos para as ruas. Na verdade, dois modelos muito parecidos, tanto nas versões de pista, quanto nas que os originaram: Charger R/T e Road Runner. E ambos tiveram baixa produção: 503 Daytonas e 1.935 Superbirds.

Em julho deste ano, um Plymouth Superbird bateu o recorde de valor em um leilão, sendo vendido por US$ 1.65 milhão. No Brasil existem apenas dois Superbirds, um deles está em processo de restauração. Não temos conhecimento de nenhum exemplar do Dodge Daytona por aqui.

Fotos: Luis Santana, para o Tampa Bay
Texto e edição: Fernando Barenco

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados

Volta Redonda 2024