Coberturas

VI Encontro de carros e motos antigas – Clube de Campo do Castelo – São Paulo, SP

Encontro de carros e motos antigas

LEILÃO ONLINE DE ANTIGOMOBILISMO

Carros, motos, placas, decoração de garagem, miniaturas, peças e acessórios antigos

CAPTAÇÃO DE ÍTENS ATÉ 30 DE JUNHO
(24) 2243-2876 / (24) 98856-2876 (Whatsapp)

Espalhe por aí!

Enquanto isso, às margens da Represa…

Belo cenário e carros antigos de alto nível foram a tônica desse evento que aconteceu no fim de semana às margens da Represa de Guarapiranga

A visão de um Ford Modelo T com seu motorista vestido à caráter é algo bem surreal hoje em dia. E não estamos falando de um T qualquer, mas de um exemplar beeeeeem antigo — de 1911 para ser mais exato (apesar da placa “1912”) — dos primeiros anos desse icônico carro fabricado de 1908 a 1927 e que teve mais de 15 milhões de unidades. Um Roadster como esse custava na época US$ 680.

Esse foi o carro mais antigo de um encontro repleto de automóveis nacionais e importados interessantes, raros e bem conservados, que aconteceu no último domingo — 22 de maio — no Clube de Campo do Castelo, que fica às margens da conhecida Represa de Guarapiranga, em São Paulo, Capital.

Vamos ver outros destaques?


Chevrolet Carryall Suburban 1952 – No início dos anos 1950 a linha comercial Advanced-Design da Chevrolet oferecia, além dos caminhões e picapes, uma gama de furgões para os mais variados usos, inclusive o transporte de passageiros, como esse charmosíssimo em versão woodie, com boa parte da carroceria em madeira de lei.

Fords Modelo A – É o carro que nasceu em 1928 com a difícil missão de substituir o Modelo T, em quatro de suas diversas versões: a Picape, o Roadster (conversível de dois lugares e “banco da sogra”), o Phaeton (conversível de 4 portas) e o Tudor (de duas portas e teto rígido). 

Dodge Charger R/T 1971 – Esse foi o ano da chegada do modelo mais ‘musculoso’ e esportivo da Linha Dodge brasileira. A primeira versão do Charger R/T tinha essa maravilhosa grade cromada inteiriça que escondia os faróis e que, dizem, era feita a mão. As cores eram chamativas, como essa cítrica, chamada “Verde Tropical”.


Trio de Chevrolets – Mais Chevrolet norte-americanos, dessas vez um trio de carros de passeio, todos pretos. Dois 1951 e um 1952.

Fiat 147 Top 1982 – Essa versão “de luxo” do 147 foi fabricada apenas em 1982 e teve só 252 carros fabricados. É uma das mais cultuadas pelos entusiastas do modelo da Fiat.


Picapes Chrysler – Duas picapes norte-americanas com o selo Chrysler. Uma é da extinta marca Fargo. Fabricada em 1953, é muito parecida com a Dodge Job Rated. A outra é uma D200 de 1977. É a versão mais longa da D100, modelo que tivemos em versão brasileira, mas que tinha design diferente dessa importada.

VW Kombi – Essa perua multiuso alçada ao posto de superstar internacional nos últimos anos, teve belas representantes nesse VI Encontro de carros e motos antigas. Destacamos a Cliper convertida em camper, com direito ao teto que se eleva, como nos icônicos modelos alemães Westphalia, empresa que converteu Kombis de 1951 a 2003. Essa foi personalizada em uma oficina de São Paulo.


Trio DKW – Para finalizar uma charmosa trinca de DKWs. A alemã azul é uma F-93 Sonderklasse 1957, coupê sem coluna central. Modelo que infelizmente nunca foi produzido aqui. As brasileiras são a perua Vemaguet verde 1966, e o sedan Belcar vermelho 1964, que o fato de não ter mais as portas de abertura contrária — que têm a alcunha de “Dê-Xá-Vê” — indica que foi fabricada no segundo semestre daquele ano.

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz – Visite sua Loja Virtual

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados