Clássicos em video

Mercury Hot Rod 1951 é vendido por quase US$ 2 milhões

Espalhe por aí!

Carro customizado pelos irmãos Sam e George Barris, foi uma das principais atrações do leilão que aconteceu na Flórida e vendeu também o mais caro Ford Mustang do mundo

Hirohata Mercury Custom. Esse é o nome oficial de um dos mais famosos hot rods de todos os tempos, vendido por nada menos que US$ 1.900.000, em um leilão realizado pela Mecum, que aconteceu na Flórida há duas semanas. Leilão que aliás bateu o recorde de vendas do segmento: US$ 176 milhões!

Esse Mercury Club Coupê 1951 foi comprado zero quilômetro pelo jovem Bob Hirohata, que havia acabado de sair de uma temporada na Marinha americana e se apaixonou pelo trabalho que os então também jovens irmãos customizadores Sam e George Barris estavam fazendo em outro Mercury.

Customização em tempo recorde

Em pouco mais de três meses o Hirohata Mercury ficou pronto, a tempo de ser apresentado com toda pompa e circunstância no famigerado show car Motorama, edição de 1952.

Mercury Hot Rod 1951

Dois momentos de Bob Hirohata e seu Mercury Hot Rod 1951


Com teto rebaixado e motor de Cadillac, logo o Hirohata Mercury Custom ganhou fama e virou assunto dos principais eventos e publicações da época. Fez sucesso até no cinema.

No início da década seguinte o carro mudou de mãos e acabou ficando fora dos olhos dos fãs de rot hods até 1988. Quando foi redescoberto havia sido adulterado e não se encontrava em bom estado. Graças a intermediação da revista Rod & Custom, teve início um processo de restauração que durou vários anos.

A partir de 1996, o Mercury Hot Rod 1951 voltou aos anos de glória, sendo exibido e premiado nos principais eventos, nos Estados Unidos e fora dele.

Em 2015, uma nova restauração. Neste ano, ele foi o primeiro hot rod a participar do sofisticado Pebble Beach Concours d’Elegance. Dois anos depois foi incluído no Registro Nacional de Veículos Históricos e passou uma temporada no Petersen Automotive Museum.

O Mustang mais caro do mundo

Apesar do valor astronômico, o Ford Mustang foi vendido dessa vez por menos que em 2020


No mesmo leilão, o recordista de valor foi um Ford Mustang GT 350 1965, vendido por US$ 3.750.000. No entanto, por mais incrível que possa parecer, seu proprietário teve prejuízo com a venda.

É que ele comprou o carro em outro leilão, também da Mecum, que aconteceu em 2020. Na ocasião esse primeiro protótipo projetado por Carroll Shelby para as pistas foi vendido por US$ 3.800.000 milhões.

Texto e edição: Fernando Barenco
Foto e vídeo: Mecum Auctions


Veja também

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados