Coberturas

Garage Ibirapuera – São Paulo, SP

Garage Ibirapuera

Recordando o cinema e a TV

Neste encontro de carros antigos que aconteceu na Capital Paulista, identificamos alguns modelos que fizeram sucesso das telas

O entorno do Ginásio do Ibirapuera ganhou um colorido especial no último domingo, 1º de agosto. Aconteceu ali o encontro de carros antigos Garage Ibirapuera. Foi um evento beneficente em prol da CUFA — Central Única das Favelas —, entidade fundada há 20 anos e que promove diversas atividades voltadas à população desassistida da Capital Paulista. Por isso, tanto expositores quanto visitantes tiveram que contribuir com dois quilos de alimentos não-perecíveis por pessoa.

Embora o material de divulgação informasse que o evento era aberto à participação apenas de veículos antigos com mais de 30 anos e com placas de coleção, havia vários com placas cinzas ou Mercosul, inclusive hot rods. Mas, de fato, os com placas pretas foram a maioria.

Garage Ibirapuera

Em 1952 e 1953 o modelo foi chamada de Kaiser Manhattan


Belíssimo e raro o sedan 4 portas DeLuxe 1951 da extinta marca americana Kaiser. Curioso notar que no ano seguinte o modelo foi rebatizado de Manhattan, nome que até então era dado a um Frazer, modelo produzido pelo mesmo grupo, mas que foi descontinuado. Não é fácil encontrar um desses em encontros de carros antigos no Brasil.

Cinema e TV


Outro americano trouxe boas recordações para quem tinha idade suficiente para assistir séries de TV no final dos anos 1970. O seriado, nesse caso era “Os gatões” e o carro em questão o Dodge Charger R/T 1969, apelidado de “General Lee”, por causa da bandeira do Exército Confederado no teto. No Garage Ibirapuera havia um perfeitamente caracterizado.

Outro carro saído de “enlatados” americanos das antigas é a italiana Ferrari 308 GTS 1980. Se você não está ligando o carro à pessoa, era com ela que Tom Selleck desvendava os complicados crimes do submundo do Havai, na pele do detetive Magnum, que deixou tantas saudades.

Por falar nisso, esse outro carro fez tremendo sucesso, mas nas telonas. Tanto, que pode ser considerado até um terceiro protagonista na trilogia “De volta para o futuro”, ao lado de Michael J. Fox e Christopher Lloyd. Claro que estamos falando do carro/máquina do tempo DMC DeLorean, com sua carroceria em aço escovado e portas “asa de gaivota” e que no cinema ganhou um visual ainda mais futurista com a instalação do “capacitor de fluxo” e outras traquitanas.

Quer mais? Então, passemos a uma novela. Lembra que em “Tieta” — exibida na Rede Globo nos anos 1980 — havia um ônibus em Santana do Agreste que era dirigido pelo personagem Jairo (Elias Gleizer), estava sempre coberto de poeira e tinha o apelido de “Marinete”. Sim, é esse Ford F350 1957 com carroceria Metropolitana ai em cima, que pertence ao acervo de ônibus antigos da Viação Caprioli. Vendo ele assim limpinho, nem dá para reconhecer!

Opala alemão

Garage Ibirapuera

Opel Rekord C Coupê 1968


De volta ao mundo real, os fãs do nosso Opala certamente não deixaram de notar a presença de seu ancestral alemão: um Opel Rekord C Coupê 1968. Experimente tapar a grade! Ele fica idêntico ao seu parente brasileiro. O Rekord teve várias gerações na Alemanha, sendo fabricado até 1986.


Nacionais ou importados, o Garage Ibirapuera de fato reuniu carros e outros veículos antigos de grande qualidade. Só para citar alguns: Puma GTE 1968, ano do lançamento da versão VW, ainda com charmosas rodas de aço fechadas com calotas que imitavam as de cubo rápido; Jipe Engesa 4 1987, valente em qualquer terreno e hoje bem raro; Cadillacs e Chevrolets de diversas fases, com destaque para o Corvette 1959; Buick Super Riviera Coupê 1950 com pinta de que nunca foi restaurado; Mercury Eight Conversível 1948, com sua característica grade que lembra um barbeador elétrico, Fusca alemão com vigia traseira “Oval” 1953.

A encantadora simplicidade da pick-up Fiat Uno


E por fim não podíamos deixar de mencionar uma singela pick-upinha Fiat Uno 1.3 1988, que à primeira vista pode até parecer banal, já que foi muito vendida e ainda não é tão antiga assim. Mas tente encontrar hoje uma com essa conservação e originalidade…

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz – Visite sua Loja Virtual


Espalhe por aí!
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

3 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Para dar dinheiro para a esquerda não existe o “fique em casa”?

    Já e participei de vários eventos de Antigomobilismo que angariavam fundos para obras sociais, mas esse é o primeiro que vejo que faz algo em apoio a um grupo político.

    Fico preocupado com isso, pois não devemos permitir manipulação de nossos eventos. Senão vai acabar ficando como essas festas de rodeio onde há aquelas cerimônias de bajulação de políticos no palco.

    • Putz, que viagem! É apenas mais um evento beneficente. Não importa a política e sim a causa social envolvida. Tem muita gente passando fome por aí.
      Esses bolsomínios não tomam jeito! Muuuuuuu

    • Pessoas passando fome devido a pandemia ,um evento que angaria alimentos,preocupados com a situação calamitosa que acontece no Brasil , aí vem um desnorteado falar de política?
      É um sem noção.

ANUNCIE GRÁTIS!

Web Stories

Encontros de carros antigos Os carros mais “felizes” do mundo! Onde foram parar as nossas peruas?