Repórter Maxicar

Da miniatura à Kombi de verdade, o sonho do negócio itinerante

A grana andava curta. Por isso o projeto teve que ser adiado por mais de uma década. Agora a Kombi personalizada faz sucesso nos encontros e nas ruas de São Paulo

A ideia de vender miniaturas de forma itinerante nasceu em 2006, mas faltavam recursos e estrutura para a participação de eventos. Na época, Beto Giglio produzia miniaturas customizadas de VWs a ar, um trabalho que ficou conhecido pelos amantes de VWs de todo o Brasil, a Fusca Cridê. Então o negócio tinha que ser em grande estilo,  com a cara do empreendimento. Uma Kombi personalizada seria o ideal. Um veículo com bastante espaço, muita personalidade e carisma de sobra.

Sempre acalentando o sonho, em 2011 Beto fez por encomenda uma miniatura da Kombi personalizada com a sua marca. O carrinho foi vendido a um colecionador, mas acabou voltando às mãos de Beto, como um presente do próprio cliente e do então presidente do Fusca Clube do Brasil, Ervin Moretti.

A miniatura inspiradora

Seria um sinal de que o sonho iria virar realidade? Pelo jeito sim!  Mas faltava o principal: o dinheiro para a compra e personalização de uma Kombi em tamanho natural. Então, mais uma vez o projeto teve que ser adiado.

O tempo passou, a situação melhorou e desde 2014, além dos mini Volkswagens personalizados, Beto administra a Cridê Minis, de venda de miniaturas automotivas pela internet.

A Kombi de verdade

Finalmente no ano passado ele conseguiu pôr em prática aquele antigo projeto. “Consegui nesses anos me estruturar e voltei com a ideia da loja de miniaturas, apoiado pela minha esposa Cibele”.

O primeiro passo era encontrar o carro certo. Depois de muita procura, Beto optou por uma Kombi Furgão 1994, que ganhou a chamativa cor ‘Verde Antártica’, com detalhes em laranja.

A estreia aconteceu com muito sucesso em janeiro desse ano, no encontro mensal de carros antigos da Estação da Luz, na Capital Paulista.

Mas dois meses depois, eis que chega a COVID-19, para mudar a vida de todos. Os eventos cessaram. E por hora a Kombi Cridê Minis tem sido útil no uso diário — sempre despertando a curiosidade por onde passa — enquanto a pandemia não acaba. “Alguns me perguntam no trânsito ou em algum local sobre as miniaturas. Onde que exponho, pedem um cartão… Realmente ela tem me ajudado a divulgar o meu trabalho e a marca, tanto que fiz caneca, camiseta e ofereço hoje como brinde pela situação que estamos vivendo, uma toalha de mão personalizada pela ‘Campanha Lave as Mãos’” — nos contou Beto.

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Divulgação


LEIA TAMBÉM:

Espalhe por aí!
  • 71
  •  
  •  
  • 10
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    81
    Shares

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário