Curiosidades

BR 800 Furgão. Sim, descobrimos que ele existiu!

Modelo teria sido desenvolvido a pedido dos Correios. Dois protótipos de teste teriam sido entregues à estatal, em Brasília

Na cobertura do 18º Encontro de Antigomobilismo de Santana de Parnaíba – SP, que aconteceu no último domingo — 30 de junho — nos chamou a atenção a foto de um certo furgão Gurgel BR 800, clicado por Odair Ferraz. A princípio, não demos muita bola, pois pensamos tratar-se de alguma adaptação de fundo de quintal. Mas instigados pelo próprio Odair, decidimos investigar o assunto.

Furgão fotografado em Santana de Parnaíba, SP


Descobrimos que essa versão foi de fato fabricada, mas não há muita coisa disponível sobre o assunto. O site clubedogurgel.com.br publicou que dois protótipos de teste foram encomendados pelos Correios à Gurgel. Se tudo corresse como esperado, os furgõezinhos passariam a fazer parte da frota da estatal, em substituição a outros utilitários e às motocicletas. Na internet encontramos essa pequena foto de um modelo  devidamente caracterizado. Com certeza é um desses dois protótipos, que também segundo o clubedogurgel.com.br, foram entregues em Brasília, com direito inclusive a solenidade.

Um dos furgões encomendados pelos Correios


Esse carro fotografado em Santana de Parnaíba, de acordo com os registros públicos do RENAVAM, trata-se de um Gurgel BR 800 1989, com chassi final 01115, e nenhuma menção à ao fato de ser um Furgão. Seria ele um dos protótipos dos Correios, que foi pintado de branco? Ou a Gurgel no embalo pôs em produção essa versão?

A extinta revista Oficina Mecânica publicou em sua edição 212 de 2004, uma reportagem sobre o que havia restado da fábrica da Gurgel, em Rio Claro – SP, dez anos após a sua falência (1994). Em uma das fotos, um furgãozinho BR800 abandonado em um dos galpões, junto com outros carros.

Este estava abandonado nas instalações da Gurgel em 2004


Note que há pequenas diferenças entre os três furgões. Cada um deles têm um modelo de retrovisor. O da fábrica tem grafismos no parachoque e lateral, que os demais não possuem. Já os baús do de Santana de Parnaíba e o dos Correios são diferentes nas laterais.

Pelo que pudemos apurar, houve o desenvolvimento de protótipos para outras versões desse pequeno Gurgel: pick-up, taxi e mini-van.

Com a palavra os especialistas em Gurgel.

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz, Oficina Mecânica e Clube do Gurgel

Espalhe por aí!
  • 432
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    433
    Shares

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp