Repórter Maxicar

Quem disse que o motor VW Boxer deixou de ser fabricado?

Ele continua a ser produzido em uma fábrica de Minas Gerais. Conseguimos fotos exclusivas do show room da empresa

Você sabia que o motor boxer é fabricado até hoje? Sim, o fantástico motor arrefecido a ar Volkswagen ainda é produzido, mesmo sem equipar qualquer veículo da marca em produção atualmente. Verdadeiro sinônimo de eficiência motriz, robustez mecânica e simplicidade de manutenção — cujo projeto fora esboçado nos anos 1930 pelo Prof. Ferdinand Porsche — e que em terras brasileiras foi utilizado em 5 capacidades cúbicas diferentes: 1.200, 1.300, 1.500, 1.600 e 1.700 cilindradas.

No Brasil, este motor se multiplicou em mais de 6,5 milhões de unidades produzidas, equipando com grande sucesso toda a linha de veículos da marca entre os anos 1950 e 2005, que compreendia Kombi, Fusca, Karmann-Ghia, TC, TL, Sedan 1600, SP-1, SP-2, Brasília, Variant, Variant II, Gol e Saveiro. Sem contar é claro com a infinidade de veículos de fabricação independente, indo de esportivos a utilitários, como por exemplo o Puma, diversos modelos Gurgel e de buggys.

Dos 36cv de potência da primeira unidade lançada no Brasil, em 1957, com 1,2 litros de cilindrada, ele chegou a 75cv com 1,7 litro no SP-2. Este motor equipou também mais de 30 milhões de veículos em todo o mundo, quase 30% do total de veículos fabricados pela Volkswagen ao longo de sua história.

Outros dados técnicos do VW Boxer

  • Número de cilindros: 4 contrapostos 2 a 2
  • Potência de 36, 46, 52, 65 e 75 cv;
  • Capacidade: torque de 9 a 13 Kgfm
  • Dimensões: 26,6 cm de altura / 17,0 cm de largura

Hoje continua sendo fabricado por uma empresa 100% brasileira. Ela está situada em Minas Gerais e é um fenômeno no ramo automotivo, trabalhando mineiramente.  Produz peças ou motores completos para a Volkswagen e Audi na Alemanha e para a Volkswagen e Fiat no Brasil, entre outras. Produz também motores completos para a aviação e já forneceu peças para os carros da Equipe Jaguar de Fórmula 1.

O desenvolvimento e o investimento atuais estão focados no fornecimento de motores e transmissões completamente montados, atendendo aos mais altos padrões de qualidade mundiais. Nas dependências da empresa não se pode fotografar ou filmar absolutamente nada, mas conseguimos autorização da empresa e numa exceção especialíssima, nos foi permitido realizar fotos em seu interior para essa reportagem exclusiva do Portal Maxicar de Veículos Antigos.

Texto e fotos: João Baptista Jorge Pinto Filho
Edição: Fernando Barenco

João Baptista Jorge Pinto Filho

2 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp