Curiosidades

Concurso Toddy de 1967 dava Mini Karmann-Ghia para a garotada

Carrinho em fibra de vidro e motor a gasolina, tinha escala 1/2 e era fabricado pela Gurgel, que na época se chamava Macan

Em 1967 a Toddy lançou com grande alarde o Concurso Mini-Mil Milhas. Uma grande promoção do achocolatado que trazia dentro de suas embalagens — que na época eram de vidro —  miniaturas de carros nacionais, em 12 modelos. Tinha Fusca, Kombi, Gordini, DKW, Rural… Eram três carrinhos diferentes no vidro grande, dois no médio e um no pequeno. Mas dependendo da cor do carrinho encontrado, você ganhava um super prêmio:

  • Branco – um capacete igual ao dos pilotos das mil-milhas;
  • Prateado – um autorama com super pista de dois carrinhos;
  • Dourado – um mini Karmann-Ghia.
Divulgação da época

Fabricado pela Macan Indústria e Comércio S/A — empresa de João Augusto Conrado do Amaral Gurgel, antes da fundação da famosa fabricante de automóveis de verdade —, o mini-carro tinha escala ½, carroceria em fibra de vidro e motor a gasolina refrigerado ar de 4 tempos e 3 hp. Era fabricado pela Briggs & Stratton, uma empresa americana com mais de 100, que ainda hoje fabrica motores, geradores e ferramentas elétricas e a gasolina.  O câmbio era simples, com as posições de ponto morto, marcha à frente e ré. Tinha faróis, buzina e até rádio.

Produzidos sob autorização da Karmann-Ghia e Volkswagen, sua fabricação não foi exclusiva para o concurso. Teve início em 1965. Não se sabe exatamente quantos foram fabricados, mas foram centenas, muitos deles exportados.

Atualmente é bem difícil encontrar um original. Quando se acha, em geral está em mal estado de conservação. Mas é possível encontrar réplicas novas a venda. O preço é bem salgado: cerca de R$ 3 mil. É que 50 anos depois, um brinquedo como esse continua sendo o sonho de consumo de qualquer criança.

Texto e edição: Fernando Barenco

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp