Coberturas

9º Encontro Brasileiro de Autos Antigos – Águas de Lindóia, SP

Homenagens e comemorações no evento que teve 600 veículos em exposição

Edição 2024 lembrou os 60 anos do Ford Mustang e as bodas de ouro do nacional Alfa Romeo 2300. Cadillac, Packard e Willys Interlagos foram os “The Best”

Aconteceu no feriado de Corpus Christi — de 30 de maio a 2 de junho — o evento mais aguardado do ano pelos antigomobilistas brasileiros. Estamos falando do 9º Encontro Brasileiro de Autos Antigos, o famoso “Encontro de Águas de Lindóia”, chamado assim desde os tempos do Paulista. Mais uma vez os carros clássicos tomaram de assalto a Praça Adhemar de Barros e suas imediações. De acordo com a organização, esse ano foram 600 veículos em exposição. Sem contar outras centenas à venda.  

É um evento de caráter nacional, já que atrai visitantes e expositores de todas as regiões do Brasil. Para se ter uma ideia, o troféu de maior distância percorrida foi para o antigomobilista Fábio Pessoa, que partiu de Eusébio-CE, com sua Chevrolet Veraneio 1978, percorrendo incríveis 3.000 quilômetros.

Chevrolet Veraneio e Land Rover: 3.000 de Eusébio-CE a Águas de Lindóia-SP

Os The Best do 9º Encontro Brasileiro de Autos Antigos

Os melhores do evento: Willys Interlagos Conversível (vermelho), Cadillac Model M e Packard Clipper

Três clássicos dividiram o prêmio “The Best” esse ano: na categoria Nacional, o prêmio foi para o Willys Interlagos Conversível 1963, de Maurício Wanderley.
Na categoria Pré-Guerra, o contemplado foi o sexagenário Cadillac Model M Monocilindrico 1906, pertencente ao acervo do recém-inaugurado Dream Car Museum, de São Roque – SP.
Já na categoria Pós-Guerra, o premiado foi o magnífico Packard Clipper Derham Limousine 1947, que pertence ao colecionador Luiz Goshima.

Aqui cabe uma observação: muitos especialistas consideram os automóveis norte-americanos produzidos em 1947 como sendo modelos ainda Pré-Guerra, já que, embora a II Guerra Mundial tenha acabado em 1945, até 1948 continuou-se a produzir os antigos modelos criados antes do Conflito. A nova linha Packard, por exemplo, só nasceu em 1951.

► CONFIRA OS PREMIADOS ◄

Outros destaques

Buick Master Six Sedan, picapes Ford e Cord L29

  • + Pré-Guerra – Ainda sobre esses veteranos automotivos, o número de modelos em exposição esse ano foi maior, já que sabiamente a organização do evento concedeu 50% de desconto no valor da inscrição. Com isso, foi possível admirar vários modelos dos primórdios da indústria automobilística mundial, como esses das fotos: Buick Master Six Sedan 1927, picape Ford 1939 e Cord L29 1930. Mas foram muitos outros.

Aniversariantes: Ford Mustang e Alfa Romeo 2300

  • Mustang 60 anos – No centro do gramado, próximo ao lago, uma mostra especial marcou os 60 anos de lançamento do Ford Mustang, com exemplares dos mais variados anos e modelos. Esse icônico automóvel foi apresentado na Feira Mundial de Nova York, no dia 17 de abril de 1964. Publicamos aqui no Maxicar a história do primeiro exemplar a ganhar as ruas e que até hoje pertence à mesma proprietária!
  • Alfa Romeo 2300 – Outro aniversariante ilustre, dessa vez nacional, foi o Alfa Romeo 2300, lançado em 1974, que também teve um setor especial. Mas outros dois representativos modelos nacionais que também completam Bodas de Ouro em 2024 não foram lembrados: estamos falando do VW Passat e do fora-de-série MP Lafer. Uma pena, mereciam!

Lorena GT, Malzoni GT e Benny com seu Santa Matilde

  • Esportivos brasileiros – Falando em foras-de-série nacionais, eles foram muito bem representados, com belos exemplares e variedade de modelos. Foram premiados, por exemplo, um Lorena GT 1972, um Malzoni GT 1982 (não o que deu origem ao Puma, mas a criação de Kiko Malzoni), além do Santa Matilde 4.1 Coupê de Benny Binhas. Grande entusiasta da marca, Benny já teve seus SMs premiados pela 8ª vez em Águas de Lindóia!

Os MOPAR sempre fazem um tremendo sucesso

  • MOPAR – Sempre uma das maiores sensações desse evento, principalmente entre os antigomobilistas mais jovens, mais uma vez os MOPARS impuseram respeito, com os modelos da Linha Dodge Brasileira em pé de igualdade nos quesitos qualidade e estilo com seus irmãos norte-americanos.

Importados ou nacionais: os admirados clássicos Chevrolet

  • Chevrolet – Para os admiradores dos Chevrolets norte-americanos da segunda metade dos anos 1950, selecionamos essas três maravilhas: Impala Sport Coupê e Nomad, ambos de 1958, e Impala Sport Sedan 1959. Mas, a linha Chevrolet brasileira também fez bonito. Veja só esse trio de Opalas 1972, todos azuis. Um arraso!

As coloridas picapes Studebaker e os conversíveis do Grande Prêmio Brasil de F1

  • O Rei dos Studebaker – O colecionador Mário Ferreti é uma “figurinha carimbada” em Águas de Lindóia. Ele é o maior colecionador de modelos da extinta e saudosa marca norte-americana Studebaker e possui vários exemplares de automóveis e picapes, tanto originais quanto modificados. E sempre leva vários deles a esse evento. Esse ano, uma de suas picapes foi premiada.
  • Fórmula 1 – Uma mostra especial reuniu os conversíveis que participaram do desfile de abertura do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, que aconteceu no dia 5 novembro do ano passado, em Interlagos. Publicamos um vídeo sobre isso.

Motocicleta BMW Série R e Fuscas 1600S Bizorrão

  • Motos BMW – Um estande reuniu diversos exemplares de motocicletas clássicas da BMW, incluindo essa magnífica 1951 da Série R, com sidecar. Nostalgia pura!
  • Bizorrão – O clube com maior número de participantes foi o Clube do Bizorrão. É que o Fusca 1600S, versão esportiva que ganhou esse apelido da própria Volkswagen, foi fabricado entre 1974 e 75, portanto, também está completando 50 anos. Estiveram presentes ao 9º Encontro Brasileiro de Autos Antigos cerca de 30 unidades. Nada mal para uma versão cuja produção é estimada entre 5 e 6 mil carros.

► CONFIRA OS PREMIADOS ◄

Redação e edição: Fernando Barenco
Fotos e vídeo: Odair Ferraz – Visite sua Loja Virtual

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados

Volta Redonda 2024