Divulgações

Caminhão de bombeiros Hurricane 95 é o veículo-destaque da Expoclassic 2024

Hurricane 95

Único no Brasil, o Hurricane 95 foi fabricado em 1986. Modelo ocupará a ilha central da mostra, que acontece de 16 a 18 de agosto na Fenac, em Novo Hamburgo – RS

Um peso-pesado de respeito, que ajudou a apagar centenas de incêndios e a salvar muitas vidas, ocupará o lugar de honra durante a Expoclassic 2024. O ‘‘veículo-destaque’’ é o impressionante caminhão de bombeiros norte-americano Hurricane 95, fabricado em 1986 pela E-One. Bastante raro, é o único desse modelo no Brasil.

Pesados como destaques do evento

Hurricane 95

Maior mostra de veículos antigos em área coberta do Brasil, a Expoclassic 2024 ocorrerá de 16 a 18 de agosto nos pavilhões da Fenac, em Novo Hamburgo – RS, devendo reunir 1.100 carros, motos, ônibus e caminhões fabricados há 30 anos ou mais. A realização é do Veteran Car Club Novo Hamburgo.

Não é a primeira vez que um caminhão é escolhido como veículo-destaque da mostra gaúcha. Na edição de 2013, um exemplar da marca norte-americana Peterbilt estampou o cartaz oficial do evento. O diferencial é que se tratava apenas do cavalo-mecânico e, agora, será necessário ampliar consideravelmente a ilha central para poder receber o Hurricane, com seus 14,5 metros de comprimento, 2,74 metros de largura e 3,65 metros de altura. O caminhão pertence a um sócio do Veteran Car Club Novo Hamburgo que reside em Porto Alegre. Uma paixão que começou recentemente, em 2019, mas rapidamente ganhou corpo: a frota conta hoje com 10 veículos. No início, era focada em modelos militares, porém depois acabou mudando para veículos de emergência e de combate a incêndio.

A importação do Hurricane 95

Hurricane 95

Mas como nenhuma coleção está completa sem um caminhão de bombeiros equipado com escada, foi aos Estados Unidos garimpar modelos em diversos leilões. Após muita procura, em fevereiro de 2022 ele conseguiu achar este modelo no Estado de Ohio, na pacata cidade de Aurora, com apenas 1.799 habitantes. Depois de dar o lance vencedor, recebeu um completo treinamento dos bombeiros do ‘‘Aurora Fire Dept.’’ para aprender a operá-lo. De lá, o próprio dono foi dirigindo o caminhão até o porto de Baltimore, Maryland, distante 560 km (350 milhas), embarcando o veículo posteriormente em um navio com destino ao Brasil. Após 7 meses, quando todos os trâmites de importação do caminhão foram concluídos, em outubro de 2022, ele realizou mais uma jornada ao volante, dirigindo os 740 km que separam o porto de Paranaguá, no Paraná, até Porto Alegre.

Características do Hurricane 55

Como a manutenção feita pelas corporações norte-americanas é rigorosíssima, o veículo está em perfeitas condições operacionais. Trata-se de uma plataforma de 29 metros que, com a escada estendida, alcança uma altura equivalente a um prédio de 11 andares, impressionando mesmo quando colocada ao lado de equipamentos mais modernos, como a Magirus de 55 metros (o equivalente a um edifício de 18 andares) de um dos caminhões Iveco adquiridos em 2022 pelo governo gaúcho para o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul. Porém, um importante diferencial em relação aos modelos europeus é o chamado ‘‘envelope completo’’, o que significa dizer que a escada pode ser completamente estendida para qualquer lado, seja para frente, para trás ou laterais, podendo também ficar em posição reta para cima ou, ainda, encostar no chão com carga plena.

 Versatilidade operacional

O caminhão conta, também, com uma linha d’água telescópica, que corre sob a escada, bem como um hidrante e um canhão d’água. É possível operar esse canhão d’água do solo, por telecomando. Nas situações em que a plataforma encosta no andar mais alto, também pode ter uma mangueira conectada para que os bombeiros acessem o interior do prédio e combatam o fogo com maior proximidade e eficiência.

R$ 25.000,00

Porsche 924 1977
R$ 150.000,00

R$ 48.900,00

BMW 740i 1997
R$ 95.000,00

VW Fusca 1300L 1977
R$ 35.000,00

Ford Verona GLX 1.8
R$ 30.000,00

Mercedes-Benz 300 SL 1992
R$ 195.000,00

VW Brasília 1976
R$ 30.000,00

VW Saveiro Summer 1996
R$ 70.000,00

R$ 45.000,00

Um detalhe interessante é que o Hurricane 95 tem um tanque d’água com apenas 1.000 litros, volume que muitas vezes é suficiente para extinguir pequenos focos de incêndio. Entretanto, o propósito de um caminhão-escada é justamente fazer resgates em locais altos. Por isso, nos Estados Unidos, esse tipo de veículo é acompanhado por um esquadrão completo, formado também por um caminhão-bomba e um caminhão-pipa, que são conectados ao Hurricane para fornecer toda a água necessária. Outro diferencial é permitir que uma mangueira rígida seja submersa em um açude ou rio, bombeando água para apagar as chamas.

O caminhão de bombeiros foi fabricado pela empresa norte-americana Emergency One Inc. Sediada na Flórida, é especializada na produção de veículos pesados de emergência e desenvolve a grande maioria dos componentes dos seus modelos, inclusive o chassi altamente resistente, específico para esta aplicação.

 Motor V8 de 12,1 litros e 475 cv

Hurricane 95

Na hora de acelerar este gigante, entra em ação o V8 Detroit turbodiesel de 12,1 litros. Uma verdadeira usina de força que produz 475 cv de potência e 180 kgfm de torque. O motor é responsável não apenas por movimentar o veículo, mas também a bomba hidráulica da escada e a bomba d’água, disponibilizando duas saídas de força para conectar as bombas. O V8 está acoplado à transmissão automática Alisson com 5 velocidades à frente, mais a marcha à ré, contando com uma caixa de torque gigante que garante toda a força necessária para esticar a escada. A tração é feita por meio das 4 rodas traseiras.

O Hurricane 95 é equipado, ainda, com um gerador a diesel integrado, tomadas de 115V em todo o seu perímetro e na plataforma, bem como potentes refletores no seu entorno. Não bastasse o ótimo estado de conservação, em 2001 este exemplar recebeu importantes atualizações nas sinalizações, com a substituição das lâmpadas halógenas por outras mais modernas, em LED, aumentando a eficiência da iluminação.

 Capacidade para 6 bombeiros

Hurricane 95

O modelo leva dois bombeiros na cabine traseira e mais quatro na dianteira. Tudo foi cuidadosamente projetado para garantir a segurança e a rapidez de operação. Mesmo tendo 38 anos de idade, traz de fábrica soluções que até hoje podem ser consideradas modernas para os padrões brasileiros, como intercomunicadores em cada posto de trabalho, incluindo cabine, base da escada e topo da plataforma, possibilitando que os combatentes troquem informações de forma muito clara. Os assentos, por exemplo, têm espaço para encaixar o tanque de ar dos bombeiros, permitindo que já saiam devidamente equipados do veículo. Possui, também, uma linha de ar e cilindros na escada para que os ocupantes da plataforma respirem por longo período sem a necessidade de trocar ou carregar o seu cilindro.

Na cidade, é preciso cuidado nas manobras

O proprietário revela que o conforto de dirigir é incrível. Como todo bom caminhão, o assento do motorista tem suspensão a ar. A direção de grandes dimensões e a visão elevada facilitam a condução. Todavia, a plataforma grande na frente e um ‘‘rabo’’ depois do último eixo exigem experiência para rodar na cidade, especialmente durante as manobras, pois o para-choque não é referência de distância.

Hurricane 95

A transmissão automática tem funcionamento preciso, aproveitando com eficiência o regime de funcionamento do V8 e permitindo ao motorista total concentração no percurso. Apesar das suas 30 toneladas, o potente motor dá conta do recado, garantindo uma agilidade semelhante ao de um carro de passeio dentro da cidade, o que é essencial para atender rapidamente aos chamados de emergência. Para abrir caminho no trânsito, é equipado com buzinas de ar comprimido Stuttertone, que emitem o tom específico para veículos de emergência na América do Norte. Também possui uma sirene eletrônica e uma sirene eletromecânica Federal Q, que produz o mesmo som do clássico Chevrolet Opala, mas em um volume muito mais alto, já que essa versão turbinada foi feita especialmente para os bombeiros dos Estados Unidos.

Para ver este caminhão ao vivo e em cores, além de muitas outras atrações da Expoclassic 2024, basta se programar e reservar na agenda os dias 16, 17 e 18 de agosto.


Ficha Técnica

  • Modelo: E-One Hurricane 95 Aerial Platform
  • Ano de fabricação: 1986
  • Fabricante: Emergency One Inc.
  • Motor: V8 de 12,1 litros Detroit 8V92TA
  • Potência: 475 cv
  • Torque: 180 kgfm
  • Transmissão: automática Alisson HT740, com 5 marchas à frente e uma à ré
  • Tração: por meio das 4 rodas traseiras
  • Direção: hidráulica
  • Capacidade de passageiros: dois bombeiros na cabine traseira e mais quatro na dianteira
  • Comprimento: 14,5 metros
  • Altura: 3,65 metros
  • Largura: 2,74 metros
  • Comprimento máximo da escada: 29 metros (95 pés)
  • Tanque de combustível: 190 litros
  • Tanque de água: 1.000 litros
  • Bomba d’água: da marca Hale, tem capacidade para bombear 5.870 litros por minuto
  • Peso Bruto Total (PBT): 30.073 kg
  • Velocidade máxima: 109 km/h (limite de segurança)

Texto: Adair Santos – Assessor de imprensa da Expoclassic 2024
Fotos: Diego da Rosa/Divulgação

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados