Coberturas

10º Encontro de Autos Antigos de Congonhas – MG

Encontro de Autos Antigos de Congonhas

Música foi atração extra na edição Nº 10

Destaque de domingo, cover do Elvis chegou em Buick conversível. Na noite anterior, show do Fala Mansa foi atração paralela

No último final de semana — 3 e 4 de junho — a cidade histórica mineira de Congonhas recebeu antigomobilistas das mais variadas regiões do estado e também de cidades fluminenses como Petrópolis, Três Rios e Rio de Janeiro – Capital, na 10ª edição do encontro organizado pelo Clube de Autos Antigos (CAAC).

Mais uma vez a exposição aconteceu na Romaria, um importante ponto turístico da cidade — que fica próximo ao mundialmente famoso Santuário de Bom Jesus de Matozinhos, onde repousam os 12 Profetas de Aleijadinho. A construção circular, que foi no passado uma antiga estalagem para romeiros, passou por uma recente restauração e hoje é palco de grandes eventos na cidade. Na noite de sábado aconteceu no mesmo local um show com o Fala Mansa, marcando o início das festividades juninas da cidade. Vários carros antigos permaneceram no local, criando uma atmosfera especial à apresentação do grupo de forró.

Encontro de Autos Antigos de Congonhas

Na noite de sábado (3), teve show do Fala Mansa, na Romaria (Foto de drone fornecida pela organização do evento)


O Encontro de Autos Antigos foi retomado na manhã de domingo (4), lotando o pátio da Romaria. Participação de representantes de diversos clubes da região, como o Clube do Puma de Minas Gerais, Opaleiros de Barbacena, Clube do Carro Antigo de Alvinópolis, Clube de Veículos Antigos de Lavras, AVA Paraíba do Sul-RJ, entre vários outros.

Carlos (e) e Gustavo e seus Fuscas dos anos 1960


O Clube do Fusca dos Surdos de Belo Horizonte esteve representado pelos simpáticos diretores Gustavo Reis Brandão (presidente) e Carlos, que chegaram a bordo de dois belos Fuscas 1968, um “Bege Nilo” e o outro “Verde Folha”.

FNM Jk 2150
R$ 135.000,00

FNM 2000 JK 1963
R$ 175.000,00

VW Fusca 1964
R$ 39.000,00

VW Voyage LS 1.6 1986
R$ 50.000,00

R$ 215.000,00

R$ 32.000,00

VW Kombi 1973
R$ 150.000,00

Willys Rural 4X2 1968
R$ 74.000,00

DKW Belcar Rio 1965
R$ 80.000,00

Aventureiros

Gilda e Alfredo: viagens de Fusca mundo afora


Por falar em Fusca, mais uma vez o Encontro de Autos Antigos de Congonhas contou com a participação do casal Alfredo e Gilda, que já se tornou conhecido pelos quatro cantos do Brasil. O Volkswagen 1981 foi comprado com apenas dois anos de uso. Com ele já viajaram por todo o Brasil e países vizinhos sul-americanos. Hoje frequentam os eventos, contando suas histórias vividas por essas estradas.

Elvis e o Buick

Elvis chegou de Buick


Mais música na tarde de domingo. Depois da apresentação do grupo Samba de Casa — que participa do evento desde à sua primeira edição —, foi a vez do show do cover de Elvis Presley, que chegou à Romaria a bordo do reluzente Buick Eight Conversível 1946 azul que pertence à “primeira dama” do CAAC, Carolina.

Cinquentões

Parabéns aos três cinquentões


Três automóveis brasileiros lançados em 1973 — e que, portanto, estão comemorando as “Bodas de Ouro” estiveram representados no evento: o VW Brasília por um exemplar fabricado em 1978; o Dodge 1800/Polara por um 1975 verde metálico; e o Chevrolet Chevette por vários exemplares. Pela raridade e conservação destacamos essa Marajó.
Outro carro que está completando 50 anos de lançamento é o Ford Maverick. Mas não havia nenhum exemplar do modelo lá.

Alguns destaques Encontro de Autos Antigos de Congonhas

Na primeira imagem, Paulo e Célia: o Diplomata fez sucesso. Na segunda, o quarteto de motos


Assíduo participante do Encontro de Autos Antigos de Congonhas, o antigomobilista Paulo Affonso Salvini, de Petrópolis-RJ estreou no evento seu Chevrolet Opala Diplomata 1984. O belo sedan azul, com câmbio automático e teto em vinil, provocou suspiros nos entusiastas do modelo.

Para os fãs de motos três impecáveis Honda CG 125 nacionais dos anos 1980, acompanhadas de uma icônica japonesa Suzuki GT 350 1973, igualmente bem conservada.

Toyota Bandeirante, Chevrolet C10 e Ford Pampa


Esse evento tem sempre boa participação de picapes e utilitários. Nessa edição tivemos Toyota Bandeirante, Chevrolet C10 e D20, as pequenas picapes Ford Pampa, Chevy 500, Fiat City e VW Saveiro, além de alguns Jeeps da Ford e Willys.

Aeros Willys e Fords Corcel


E que tal esse sensacional trio de Aero Willys? São dois 1965 e um 1966, todos com tetos brancos, padrão da época. E essa dupla de Ford Corcel? Embora sejam da Ford, eles foram projetados também pela Willys, a partir de um projeto da francesa Renault… Confuso, não? O vermelho é um coupê de Luxo 1969, o azul e preto, um esportivo GT 1971.

Acima, Mercury Eight e Buick Century. Abaixo, Pumas e o Miura Sport de Wanderley

Entre os carros norte-americanos, um Mercury Eight Sedan 1948 — com design ainda pré-Guerra e um Buick Century 1973, modelo idêntico ao usado pelo detetive “Kojak” na antiga série de TV, bastante exibida aqui no Brasil.

Os foras-de-série brasileiros foram representados por vários Pumas nas versões GTE e GTS e pelo Miura Sport 1980 de Wanderlei Gualberto, de Lavras, MG.

Redação: Fernando Barenco
Fotos: Fátima Barenco e Fernando Barenco

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados

Volta Redonda 2024