Personalidades

Os rivais do futebol paulista que compartilham uma paixão por carros antigos

Futebol carros antigos

As pessoas costumam associar os jogadores de futebol aos carros esportivos e mais modernos do mundo. Afinal, se olharmos as redes sociais de alguns atletas, como o Neymar e o Vinícius Júnior, é comum ter fotos de carros luxuosos, como Audi, Mercedes-Benz e Ferrari. No entanto, aqui no Brasil, Corinthians e Palmeiras contam com dois profissionais que fogem desse padrão, e preferem os carros mais clássicos, assim como a gente. São nomes conhecidos, que inclusive estão na luta por títulos importantes na temporada atual.

Um deles é o português Abel Ferreira, que chegou ao Palmeiras em 2020 e já se transformou em um dos treinadores mais vitoriosos da história do clube. Tinha tudo para ter um carro de luxo, mas esse não é o estilo dele. Em entrevista recente, ele admitiu que tem uma grande paixão por carros antigos, e atualmente está montando um Ford Mustang 1966, um dos maiores clássicos da montadora norte-americana.

No entanto, esse não é o único carro antigo na garagem do treinador palmeirense. Ele conta que tem uma grande coleção, que está dividida entre o Brasil e Portugal. A rotina do treinador ainda é visitar encontros de carros em São Paulo, algo que poucas pessoas do mundo do futebol fazem. É um amor que conhecemos por aqui, sempre apaixonados por eventos com exposição de alguns dos maiores clássicos do país.

Outra atividade preferida de Abel Ferreira é ganhar títulos, e isso também deve continuar acontecendo. Nas cotações de apostas de futebol online, a equipe aparece como favorita em todas as disputas. O site Mr. Jack tem uma cobertura completa do futebol brasileiro, com projeções da Libertadores, da Copa do Brasil e da Série A, e mostra que o Verdão tem grandes chances de continuar vencendo. Assim, o português deve continuar morando aqui no Brasil, apaixonado pelos nossos clássicos.

Multicampeão e apaixonado por antigos

No Corinthians, o goleiro Cássio também tem um histórico recheado de títulos, assim como o treinador do rival, e também é apaixonado por carros antigos. Uma semelhança entre dois profissionais que atuam na maior rivalidade do futebol de São Paulo. Em 2020, o jogador virou notícia ao ir ao Centro de Treinamento da equipe para resgatar o maior xodó da garagem, um Ford Rural. Um carro que virou notícia por aqui por conta de uma rifa em Colatina.

Em algumas entrevistas, o jogador do Timão admitiu a paixão por carros antigos, deixando de lado os automóveis mais esportivos que são mais comuns entre os jogadores do futebol nacional. No entanto, ele nunca comentou sobre os carros que possui na garagem. Então, é possível que Cássio tenha algumas raridades escondidas, seja em São Paulo ou então no Rio Grande do Sul, onde também tem casa com a família.

FNM 2000 JK 1963
R$ 175.000,00

R$ 32.000,00

FNM Jk 2150
R$ 135.000,00

R$ 14.000,00

VW Kombi 1500 Std 1974
R$ 45.000,00

VW Fusca 1964
R$ 39.000,00

R$ 215.000,00

R$ 80.000,00

Mercedes-Benz 300 SL 1992
R$ 195.000,00

VW Saveiro Summer 1996
R$ 70.000,00

É difícil afirmar de onde veio essa paixão, mas pode ter sido da influência de antigos colegas. Por exemplo, o ex-meia Danilo também era um apaixonado por carros clássicos. Ele era dono de duas máquinas raríssimas da Chevrolet: um Opala Comodoro e um Omega CD, ambos em perfeito estado de conservação. Uma influência que chegou também no lateral Fagner, que tem fama de ser eclético no gosto por carros, e conta com um Fusca 94 e um Opala 78 na garagem.

Outros jogadores

Além de Palmeiras e Corinthians, a paixão por carros antigos também existe em outros clubes. O zagueiro Victor Luis, por exemplo, já virou notícia por conta do Volkswagen Gol dos anos 90 que tem na garagem. Enquanto o jogador Dedé, ex-Vasco da Gama, participou de uma reportagem especial para mostrar os dois xodós que tem: um Opala e um Maverick. Ou seja, é mais comum do que as pessoas imaginam.

Até mesmo jogadores aposentados, como o meia Hernanes e o lendário Zico, já desfilaram pelas ruas do Brasil com carros clássicos. É uma prova de que não existe idade para essa paixão, e nem mesmo um perfil. Ela simplesmente existe, inclusive no mundo do futebol, que costuma ser cercado de luxo e automóveis modernos.

Cássio e Abel Ferreira são os maiores exemplos disso, e ainda mostram que a maior rivalidade do futebol paulista pode ter gostos em comum. Neste caso, os carros antigos aproximaram dois atletas acostumados com títulos, mas que defendem cores diferentes na cidade com mais clássicos nas ruas do Brasil.

Foto: Sam Warren na Unsplash

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados

Volta Redonda 2024