Coberturas

3ª Exposição de Carros Antigos no Campo de Marte – São Paulo, SP

Carros Antigos no Campo de Marte
Pontiac Firebird

LEILÃO ONLINE DE ANTIGOMOBILISMO

Carros, motos, placas, decoração de garagem, miniaturas, peças e acessórios antigos

CAPTAÇÃO DE ÍTENS ATÉ 30 DE JUNHO
(24) 2243-2876 / (24) 98856-2876 (Whatsapp)

Aviões sem asas

Mais antigo aeroporto paulistano abriu espaço para a edição 2022 desse muito esperado evento de carros antigos da Grande SP

Ao invés de aviões, carros clássicos. O mais antigo aeroporto da Capital Paulista foi “confiscado” no último final de semana — 11 e 12 de junho — para mais uma edição de um dos mais aguardados eventos antigomobilistas do ano na Grande SP: a Exposição de Carros Antigos no Campo de Marte.

Este encontro se notabilizou pela diversidade, qualidade e quantidade de estilos e épocas, que vão dos “calhambeques” do início do século passado, aos superesportivos clássicos e modernos, de marcas como Ferrari, Porsche e Lamborghini.

Lamborghini Diablo SV (anos 1990) e Ferrari Testarossa (anos 1980)


Dá só uma olhada


  • Pontiac – Não à toa essa marca do Grupo GM — infelizmente já extinta — ficou conhecida por seus muscle cars. O GTO, por exemplo, é considerado o precursor desse segmento. Seu motor V8 podia chegar aos 376hp. Já o Le Mans era mais comportado e seu motor padrão era um 6 cilindros de 165hp, sendo o V8 opcional. Ambos são bem similares, como se pode ver por esse 1967 branco.
    E ainda no evento os três Firebirds do começo dos anos 1970, que escolhemos para a foto principal de nossa reportagem.

  • Dois pequenos europeus – O que falta em potência, sobra em graça nesses dois pequeninos. O italiano Fiat 500 1970 tem motor de 2 cilindros e 594 cc. Lançado em 1957, foi produzido até 1975. Já o francês Renault 4CV — cujo ano é difícil determinar, já que pouco mudou entre 1946 e 1961 — é um pouco mais potente. Seu motor é um 4 cilindros de 747cc, refrigerado a água e instalado na traseira. Ele  foi importado para o Brasil nos anos 1950, onde ganhou o sugestivo apelido de “Rabo Quente”. Esse motor em versão aperfeiçoada equipou mais tarde o Dauphine e o Gordini.

A ambulância foi destaque entre os Ford Galaxie



  • Gardner 1928 – Um raríssimo carro americano fabricado há quase 100 anos. Esse exemplar — ou o que sobrou dele — talvez seja o único do Brasil. A Gardner fabricou automóveis somente entre 1920 e 1931. Não resistiu à Grande Depressão nos EUA.
  • Ford Thunderbird – Embora prefiramos aquele Thunderbird Conversível de dois lugares de 1955, esse luxuoso Hardtop prateado de 1965 está realmente irretocável.  

  • Willys Interlagos – Esse esportivo fabricado no Brasil sob licença da Renault (detentora da marca Alpine), está completando 60 anos de seu lançamento. Foi o primeiro carro brasileiro fabricado em escala industrial, com carroceria em fibra de vidro, tendência seguida pela grande maioria dos fabricantes de foras-de-série nos anos seguintes, como a Puma e a Lafer.
  • Chips Para terminar, o registro dos muito bem caracterizados patrulheiros Jon Baker e Frank Ponch, com suas motocicletas, que patrulhavam as estrada da Califórnia, na série de grande sucesso dos anos 1970 e 1980 e que no Brasil passava no SBT, de Silvio Santos.

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz – Visite sua Loja Virtual

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados