Coberturas

Encontro Mensal do KGC de Carros Clássicos – Agosto/2021 – São Paulo, SP

KGC Carros Clássicos Agosto

Karmann Ghias e outros esportivos

Italiano, japonês, alemão, brasileiro… os modelos esportivos brilharam nessa edição de Dia dos Pais

Os papais que curtem carros antigos tiveram um programa extra neste domingo, 8 de agosto, além de comemorarem sua data especial junto com os filhos e a família. É que o Karmann Ghia Clube de Carros Clássicos realizou mais de seus encontros mensais no Alto de Pinheiros, bairro da Capital Paulista.


É o caso da turma do Reumatismo Car Clube, sempre assídua nos encontros. Neste mensal tivemos a presença de presidente Aparecido Romano, com o Lada Laika SW 1991; dos irmãos Cesar Micheloni, com o Renault Dauphine 1962; e Celso Micheloni, com o DKW Belcar S 1967; além de Eduardo Raito, acompanhando os amigos.

Como de costume, o evento contou com a participação de modelos pouco habituais e para lá de interessantes. Por exemplo, a pick-up americana Champ 1963. Nessa época a Studebaker passava por dificuldades financeiras e não dispunha de muito dinheiro para novos projetos. Por isso a Champ é a cara do sedan compacto Lark, lançado em 1959. Outra curiosidade é que ela usa a mesma caçamba da Dodge D100 da época, graças a um acordo comercial da Studebaker com a concorrente.

KGC Carros Clássicos Agosto

Studebaker Champ 1963


Esportivos

Mas o que nos chamou a atenção foi a variedade de carros esportivos, além é claro, do anfitrião Karmann Ghia (foto principal). Começando pelos brasileiros, temos um Renault/Willys Interlagos Conversível 1964. Lembrando que o modelo foi o primeiro nacional com carroceria em fibra de vidro. E ainda Escort XR3 Conversível e os Gols GT e GTS, representando os anos 1980.


Do Japão, um Toyota MR2 1985, primeiro com motor central, cujo design lembra o nosso Corona Dardo — que por sua vez é uma réplica do italiano Fiat X 1/9; e um Datsun 240Z 1980. Os “States” foram representados por um Corvette C3, dos anos 1970.

Da Alemanha um Volkswagen Rabbit GTi 1983. Para quem não está ligando o nome ao modelo, trata-se da nomenclatura que o Golf da primeira geração ganhou para o mercado norte-americano. É possível até que esse tenha sido fabricado nos Estados Unidos. Mas não podemos afirmar.

Maserati 3500 GT


Deixamos para o final os italianos. Não há como não admirar as linhas do conversível Alfa Romeo Spider 2000 1973. Mas quem roubou a cena de fato foi o superesportivo Maserati 3500 GT Coupê 1962. Modelo lançado em 1957, tem motor 6 cilindros 3.5 com injeção mecânica de combustível. Em sete anos, foram produzidos pouco mais de 2.200 unidades, entre coupês e conversíveis. Espetáculo!

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz – Visite sua Loja Virtual

Espalhe por aí!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário

ANUNCIE GRÁTIS!

Web Stories

Encontros de carros antigos Os carros mais “felizes” do mundo! Onde foram parar as nossas peruas?