Clássicos em video

É coisa de cinema: a garagem-casa de Luís Loucatelli

Coleção do empresário no interior de São Paulo mistura caminhões antigos e novos, com muscle cars americanos. Junto ao enorme galpão fica a sua casa

Ele tinha um sonho: acordar de manhã e dar de cara com sua coleção. Daí nasceu a ideia de construir em um condomínio de luxo em Itú-SP sua residência e o galpão para seus caminhões e automóveis. Um espaço enorme, fazendo jus à cidade que ficou famosa pelo tamanho avantajado das coisas.

Luís Loucatelli teve sua primeira lida com caminhões quando comprou um Chevrolet C60 1974 para “puxar” areia e tijolo. Nascido em Arapongas-PR, antes trabalhou da roça de café da família e em oficina mecânica. Hoje o megaempresário do ramo de concreto tem uma magnífica e bem eclética coleção, que mistura basicamente caminhões modernos e antigos a muscle cars americanos contemporâneos.

Tudo começou quando ele conseguiu comprar de volta o velho C60. Restaurado, hoje faz companhia a outros dois. Hoje, entre esses gigantes, uma das grandes estrelas é o cavalo mecânico Peterbilt 1980, com motor Caterpillar V8 de 18 litros e metros de luzes neon. Tem ainda um sensacional caminhão de bombeiros Magirus Deutz que foi usado no socorro do atentado de 11 de setembro de 2001, em Nova York.

Fabricado em 2014, outro peso pesado que encanta é o International Lone Star da série especial Harley Davidson, cheio de acessórios alusivos à centenária marca americana de motocicletas.

Nesse video do canal AUTOMotivo do Youtube é possível ver também alguns veículos nacionais como uma Chevrolet Veraneio e dois Fuscas “Itamar” da década de 1990. E ainda uma extra-grande pick-up americana Chevrolet Silverado da década de 1980, com cabine e rodado duplos.

Na entrevista abaixo, dada ao site Webmotors, Luís Loucatelli conta com enorme simpatia e humildade, um pouco de sua história e fala sobre sua coleção.


Veja também

Espalhe por aí!
  • 5.1K
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    5.1K
    Shares

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário