MaxiBlog

Você recusaria RS 750 mil numa Kombi? O dono dessa vermelha aí recusou!

VW Kombi 750 mil reais

Perua VW fabricada em 1959 à venda em um site americano de leilões teve oferta de incríveis US$ 146 mil, que foi prontamente recusada

Não é novidade que nos últimos anos o mercado internacional está pegando fogo quando o assunto é a Kombi.

Pois é. Essa modesta perua fabricada aos montes por anos a fio e que até alguns há anos a maioria das pessoas via com certo desdém carregando mercadorias, nas feiras livres, fazendo lotação e em outras tarefas pouco nobres, hoje tem status de “cult” e são disputadas a tapa por endinheirados dos Estados Unidos, Europa e Japão.

Assim, nossas “Velhas Senhoras” deixaram o Brasil aos montes nos últimos anos. E os preços? Chegam hoje às raias da indecência lá fora. Duvida?

Oferta recusada

Essa vermelha aí, fabricada na Alemanha em 1959 e vendida zero km nos Estados Unidos, foi posta a venda no site de leilões Bring a Trailer (Traga o Reboque). Trata-se de um veículo restaurado em 2017 por uma oficina especializada no restauro de Volkswagens refrigerados a ar (sobretudo Kombis), a Silver Lining, com sede no Oregon.

Com “certidão de nascimento” emitida pelo Automuseum Volkswagen ela é da versão de Luxo Samba, aquela com 23 janelas — contando as quatro janelinhas de cantos arredondados dos dois lados do teto — modelo que infelizmente nunca foi produzido no Brasil.

O anunciante é a Mohr Imports, revenda de Monterey, California. A melhor oferta no leilão foi de incríveis US$ 146 mil. Mas o negócio não foi sacramentado porque o valor não alcançou o valor de reserva — aquele preço mínimo estabelecido do vendedor. O site de leilões não informa mais qual era o valor de reserva, apenas que o leilão foi encerrado. No site da Mohr Imports consta no anúncio “venda pendente” e sem preço.

Outra, ainda mais cara!

Mas se engana que pensa que esse é um caso isolado. Pesquisando sobre o assunto, descobrimos outra Kombi vermelha, fabricada em 1960 — que aliás é muitíssimo parecida com essa 1959 — a venda por US$ 164.800 no tradicional Hemmings.com.

Kombi anunciada no Hemmings

Recordista mundial

Mas esse valor está longe de ser um recorde! Em 2017 noticiamos aqui a venda de um exemplar customizado de 1965 em um leilão presencial da Barrett-Jackson por inacreditáveis USS 302.500. Na época equivalia a RS 1 milhão. Pasmem! Hoje, com o dólar a RS 5,10 o valor sobe um pouquinho: RS 1.542.000!

Então, não se espante se um dia ouvir em negociações de venda de Kombis a seguinte frase:

— Aceita minha Ferrari como parte do pagamento?

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Bring a Trailer e Hemmings


LEIA TAMBÉM:

Espalhe por aí!
  • 387
  •  
  •  
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    389
    Shares

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário