Ambrela
Coberturas

Alfa Romeo Brasil 2019 – Caxambu-MG

Alfa Romeo. Carros Antigos. Maxicar

Haja coração!

Em Caxambu, foram quatro dias dedicados a venerar, contar casos e trocar experiências sobre a icônica marca do ‘Cuore’ italiano

Como acontece a cada dois anos, a estância hidromineral mineira de Caxambu se tornou o quartel general de proprietários e entusiastas da marca italiana Alfa Romeo, vindos dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Ceará, Pernambuco e Goiás, além do Distrito Federal. Foram quatro dias de evento — de 20 a 23 de junho — que reuniu dezenas de lindos exemplares produzidos entre a década de 1960 e os dias atuais, no famoso Parque das Águas.

Organizado pelo Alfa Cult com o apoio do Alfa Romeo.br e Alfa Romeo Clube do Brasil, mais do que apenas uma exposição, o evento monomarca contou com palestras técnicas e programação social, que incluiu (é claro!), o ‘Jantar italiano’ que aconteceu sexta-feira (21).

A partir do alto, em sentido horário: 2300, GTVs 2000, 33 e Alfetta


O único FNM JK 2000 presente esta ano foi premiado com o honroso Troféu Roberto Nasser. Figura impar no antigomobilismo brasileiro, advogado, jornalista, um dos fundadores da FBVA e curador do Museu do Automóvel de Brasília, Nasser — que morreu no ano passado — era um alfista de carteirinha. Fabricado em 1967, o lindo carro vermelho pertence a Luiz Carlos Fortes Braga, de Juiz de Fora-MG.

O JK 2000 1967 levou o Troféu Roberto Nasser   (montagem a partir de fotos do proprietário)


Além desse, representaram a indústria brasileira diversos perfeitos exemplares  do 2300, que ficaram perfilados bem na entrada, dando às boas-vindas à exposição. Próximo dali, na área coberta, um trio de GTVs 2000 do início da década de 1970, um par de graciosas Giulias da mesma época, duas conversíveis Spider 2000, além de um coupê Alfetta 1972 e um compacto de quatro portas pouco conhecido por aqui: o 33 da primeira fase, fabricado em 1984 e que tem como característica mecânica o motor boxer de 4 cilindros.

75 Turbo Evoluzione 1987


Talvez o único exemplar em solo brasileiro, o Alfa Romeo 75 Turbo Evoluzione faz parte de uma exclusivíssima fornada de 1987, de apenas 500 unidades, idealizado para homologar o modelo nas pistas da antiga WTCC (World Touring Car Championship). Seu motor é um twin-cam turbo de 1.8 litros, que rende 155cv. Fabricado exclusivamente em vermelho com grafismos pretos e alguns componentes em fibra de vidro, é a versão esportiva do 75, rebatizado de Milano para o mercado americano.

Nos jardins as 145 e as 156


Pelos jardins do Parque, vários exemplares de modelos dos anos 1990 — como os 145, 155, 164 e Spider —; dos anos 2000 — como os 147 e a SW 156 —; e dos anos 2010 com uma moderna Giulietta.

A cereja do bolo ficou por conta da ilustre presença do eterno piloto Wilsinho Fittipaldi, que contou suas experiências nas pistas para um público atento, cuja palinha você vê no vídeo a seguir.


GALERIA DE IMAGENS


Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos e vídeo: Luiz Carlos Fortes Braga

Espalhe por aí!
  • 53
  •  
  •  
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    55
    Shares

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp