Ambrela
Coberturas

8º Encontro de Opalas e Carros Antigos de Barbacena – MG

Um caldeirão de marcas e modelos

Clube que nasceu especializado em Opalas, hoje reúne antigomobilistas dos mais diversos segmentos. Como pôde ser visto neste evento

Encontro Alto Astral. A Praça da Igreja de Santo Antônio ficou totalmente tomada por carros antigos no último domingo, 16/06 no 8º Encontro Anual dos Opaleiros e Antigos de Barbacena. Boa infraestrutura, ótima organização e a receptividade por parte dos membros do clube foram os comentários que predominaram no evento.


O clube surgiu na simplicidade, com um pequeno grupo de opaleiros, cresceu rapidamente, agregando outros modelos de carros antigos e se tornou uma referência no antigomobilismo na região.

Fazendo jus ao nome do clube, ali estava bom número de Opalas, desde os da primeira geração como o Opala Luxo Azul Internacional 1970 de Maurílio Alvim, de Juiz de Fora-MG, passando pelo Diplomata Dourado Minas 1986 de Caio Pereira, de Conselheiro Lafaiete-MG, até chegar na última geração como o Comodoro Azul Drava modelo 1992 do presidente do clube anfitrião, José Eugênio Silva.

Acima, Opala Luxo 1970 e Diplomata 1986. Abaixo, o Opala 1982 de Fernando Prado

O Opala Standard Azul Prateado modelo 1982 de Fernando Prado, de Barbacena-MG chamava à atenção pela originalidade com seus ‘apenas’ 26 mil km rodados. Por falar em baixa quilometragem, Cláudio Márcio Abreu Campos expôs orgulhoso sua coleção de Kombis, todas parecendo terem saído de uma concessionária naquele momento. Ali estavam a ‘Corujinha’ 1975 com 21 mil km, a Furgão Clipper 1981 com 12 mil km, a Clipper 1995 com 5 mil km e a Last Edition 2014 com 1 mil km rodados, todas com quilometragem original de fábrica. É o “Senhor das Kombis de Barbacena”, mas, conhecido em todo o estado e até fora dele por essa paixão.

Cláudio e suas Kombis


Nesses encontros sempre aparece algum debutante, alguém que está indo pela primeira vez. Nesse foi o casal Dante e Márcia Bianchetti. O Passat Surf 1981 foi do pai de Dante desde zero km e estava abandonado há anos em uma garagem em Alfredo Vasconcelos-MG. Ele foi lá, o resgatou, o restaurou e o estreou nesse encontro.

Wander e seu Impala moderno e o casal Bianchetti com o Passat da família


Mas nem só antigos puderam entrar. Numa exceção especialíssima o Clube de Barbacena convidou Wander Tavares a fazer parte do evento com seu ‘novo’ Chevrolet Impala, pela tradição da marca e desse nome, bem como pela raridade do modelo no Brasil. Wander tem facilidade em trazer carros dos EUA pela dupla cidadania e por ser casado naquele país.

O Padre José Eudes de Carvalho, pároco da Igreja de Santo Antônio, gentilmente cedeu a praça com capacidade para mais de 200 veículos, estandes de alimentos, bebidas, souvenirs, espaço para loja de carros a venda e parque de diversão para a criançada.

De camisetas azuis, alguns membros do Opaleiros e Antigos de Barbacena


Além das citadas, outras cidades mineiras se fizeram presentes como Congonhas, São João del Rei, Carandaí, Belo Horizonte, Santos Dumont, Prados, Dores de Campos, etc… O clube Opaleiros e Antigos de Barbacena continua com a mesma simplicidade, humildade e alto astral como marcas registradas, mas, perseverou, se firmou e se tornou um dos grandes clubes de Minas Gerais da atualidade.


GALERIA DE IMAGENS


Texto e Fotos: João Baptista Jorge Pinto Filho
Edição: Fernando Barenco

Espalhe por aí!
  • 110
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    110
    Shares

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp