Ambrela
MaxiBlog

Veraneio da Polícia Federal do Paraná ganha placas pretas

Viatura que acaba de completar 30 anos é a primeira da PF a receber a obter o Certificado de Originalidade

A Polícia Federal obteve junto ao DETRAN/PR, por intermédio do Dodge Clube de Curitiba – DCC Certificado de Originalidade e placa preta para a sua mais antiga viatura policial: uma Chevrolet Veraneio, ano 1988, motor 6 cilindros de 4.1 cilindradas e 56 mil quilômetros rodados. A Veraneio é a primeira viatura da Polícia Federal a ostentar a placa no Brasil.

Chamada carinhosamente de “A Constitucionalista”, em homenagem à Constituição Federal de 1988, a viatura tem participado de solenidades públicas e exposições, em especial no desfile anual de 7 de setembro, representando o passado honroso desta Unidade de Fronteira na luta contra o crime em todas as suas dimensões.

Maxicar precisa de seu apoio

Para a obtenção da placa preta é necessário um Certificado de Originalidade, emitido por clube de veículos antigos devidamente credenciado e reconhecido pelo Denatran, atestando que se trata de veículo histórico, fabricado há mais de 30 anos e que conserva pelo menos 70% de suas características originais, tanto exteriores como interiores.

A placa preta traz como benefícios o reconhecimento de valor histórico do automóvel e a dispensa de equipamentos de segurança adotados mais recentemente pela legislação como air bags, cintos de segurança e controle de emissão de gases, entre outros.

“A Constitucionalista” se encontra atualmente no pátio da Delegacia da PF de Foz do Iguaçu onde pode ser admirada pelos aficionados e pelo público em geral.

Texto e foto: Assessoria de Imprensa da PF-PR

Espalhe por aí!
  • 161
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    161
    Shares

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário

  • Apelido deveras impróprio para um carro de Polícia, dado que a constituição golpista de Sarney, criada sem uma assembleia nacional constituinte eleita para elabora-la, também é chamada de “constituição bandida”, por ter uma série de proteções e garantias para criminosos inventadas por conta do pavor que o establishment tinha da ordem trazida pela Revolução de 31 de Março de 1964.

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp