Clássicos em video

O ‘cara’ dos Santa Matildes

Colecionador do Rio levou seis exemplares no último Encontro Nacional, que aconteceu em Três Rios

Como diz a frase atribuída ao pensador Blaise Pascal, “O coração tem razões que a própria razão desconhece”. E esse pensamento com certeza também se aplica aos automóveis. Diante de uma infinidade de estilos, marcas e modelos, alguns colecionadores nutrem uma admiração sem limites por um determinado carro.

Além disso, Benny é um grande conhecedor de SMs

É o caso de Benny Binhas Kubudi, do Rio de Janeiro, que mantém em sua garagem nada menos que sete exemplares do SM 4.1, o esportivo nacional fabricado a partir de 1978. E ele não economiza dinheiro e dedicação quando surge a oportunidade de reverenciar seus ‘brinquedinhos’. Em novembro, por exemplo, colocou cinco deles numa cegonha, rumo ao Encontro Nacional que aconteceu de 15 a 18, em Três Rios, a cidade onde o carro era produzido. E ainda dirigindo um sexto carro, que foi acompanhando o caminhão durante a viagem.

Só para variar um pouco, Benny tem também alguns Mustangs. Mas nada que nem de longe se compare à paixão avassaladora pelos Santa Matildes.

Texto e edição: Fernando Barenco

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp