Clássicos em video

A pura essência do Mopar

O potente e divertido Plymouth Road Runner foi inspirado no famoso desenho animado dos anos 1960. Nem mesmo a buzina foi esquecida!

Bip-bip! Esse ‘bordão’ tornou o Road Runner um dos mais famosos personagens dos desenhos animados de todos os tempos. E que faz sucesso entre a garotada até hoje, diga-se de passagem! Sempre enganando o eterno rival Coyote, que vivia inventando formas de pega-lo com a ajuda dos equipamentos ACME, o Papa-Léguas (para os brasileiros) foi a inspiração da Chrysler para a criação de um de seus mais famosos muscle-cars.

Dizem que foram pagos US$ 50 mil a Warner Bros. pelos direitos de uso da marca e da imagem do Papa-Léguas nesse modelo médio (para os padrões americanos da época) da Plymouth.

Propaganda de 1969

O Road Runner foi lançado em 1968 e construído sob a plataforma do Belvedere — modelo famoso da marca na época (lembra do filme “Christine”?) e tinha como motor padrão o 383 de 6.3l, que rendia 335 hp. A expectativa era de vender no ano do lançamento 20 mil unidades, mas a meta foi amplamente superada: ele vendeu mais do que o dobro.

Foi fabricado até 1980, mas o carro da quinta e última geração nada tem a ver com o design e a potência da primeira.

O belo exemplar do vídeo é de Goiânia-GO e foi produzido em 1970, último ano da primeira geração. Como curiosidades que o identificam com o desenho animado estão o emblema, o ‘friso’ lateral que é na verdade um adesivo do rastro de poeira deixado no chão do deserto pela veloz e esperta ave e a buzina que imita perfeitamente o famoso som: bip-bip!

Texto e edição: Fernando Barenco
Video: Canal Aperta o Cinto

Comentários do Facebook

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp