Tecnologia Automotiva

Do que os sistemas de segurança dos carros autônomos precisam?

carros autônomos
Foto: Pixabay.com

O mercado global de veículos autônomos está em franca expansão. Segundo dados publicados pela Fortune Business Insights, este mercado foi avaliado em mais de USD 13 bilhões no ano passado e deve crescer 32% até 2030. No Brasil, uma pesquisa da OLX com a Mindminers apontou que 36% dos brasileiros teriam interesse em comprar um carro autônomo.

No entanto, a maioria dos entrevistados (58%) se mostrou cética quanto à segurança destes veículos, quando estes operam sem supervisão humana. O que ainda está faltando nos atuais sistemas de segurança?

Desafios Tecnológicos

Notícias sobre acidentes ou problemas técnicos envolvendo carros inteligentes não são incomuns. De acordo com dados publicados pela Forbes Advisor, estes veículos se envolvem no dobro de acidentes por milha percorrida do que veículos tradicionais. Além disso, recalls requentes, como o da Tesla, continuam deixando o consumidor médio receoso.

Para conquistar a confiança dos consumidores, alguns desafios importantes ainda precisam ser superados.

Proteção de Rede

Com sistemas digitais e conectados à internet, veículos inteligentes não são tão diferentes de computadores. Ou seja, estão expostos a ataques virtuais, injeções de malware e roubo de dados pessoais. Por este motivo, precisam de segurança cibernética similar, como antivírus e VPNs. VPNs como Surfshark garantem a segurança dos seus dados na rede, utilizando criptografia de ponta. Também se pode aproveitar filmes e séries de outros países ao longo da viagem, utilizando um VPN Argentina server, por exemplo, já que este VPN pode ser utilizado em um número ilimitado de dispositivos.

Estabilidade

Certamente, o controle do veículo é o que causa mais preocupação, já que falhas no sistema de navegação e GPS podem causar acidentes graves. No caso destes sistemas falharem, é preciso que o veículo tenha outras formas de se comunicar e se localizar em meio aos outros carros.

VW Kombi 1500 Std 1974
R$ 45.000,00

Ford LTD 1978
R$ 86.000,00

VW Fusca 1200 1965
R$ 49.000,00

VW Fusca 1300L 1977
R$ 35.000,00

MG TD 1953
R$ 190.000,00

DKW Belcar S 1963
R$ 69.900,00

FNM 2000 JK 1963
R$ 175.000,00

R$ 14.000,00

R$ 85.000,00

R$ 49.000,00

Alfa Romeo 2300 Ti4 1985
R$ 95.000,00

Inteligência Artificial

Carros inteligentes utilizam uma complexa rede de câmeras, sensores e radares para basear suas decisões. Uma direção autônoma segura precisa de algoritmos avançados de inteligência artificial, além de sensores precisos para identificar veículos e pedestres ao redor, bem como possíveis obstáculos. Tais fatores são essenciais para garantir respostas imediatas para situações inesperadas no trânsito.

Pavimentando o Futuro

Apesar dos desafios, esta indústria vem fazendo progressos sólidos. Especialistas estimam que será possível zerar o número de mortes no trânsito até 2040. Os dados são do relatório “Mobilidade do Futuro”, elaborado pela Allianz Partners. Segundo o mesmo relatório, avanços tecnológicos no setor, como detecção de pedestres, alerta de colisão e freios automáticos serão capazes de garantir uma direção autônoma 100% segura.

Outros sistemas de segurança já são realidade nas estradas, mesmo em veículos tradicionais. Diversos modelos contam com sistemas para monitoramento de ponto cego e até para verificar se o motorista está prestando atenção no trânsito. A combinação eficiente destes elementos pode tornar a direção autônoma mais segura do que a humana.

A evolução da direção 100% automatizada também depende da expansão da rede 5G. A internet 5G é essencial para uma navegação autônoma segura. Graças à sua alta velocidade e baixíssimo tempo de latência, os sistemas de segurança automotivos podem reagir e transmitir informações em uma questão de milissegundos, evitando colisões e atropelamentos.

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados

Volta Redonda 2024