Leilões

Mercedes W04, da primeira vitória de Lewis Hamilton, é leiloada por R$ 90 milhões

O carro da primeira vitória de Lewis Hamilton pela equipe na Fórmula 1, um Mercedes-Benz W04, foi leiloado na última semana, dia 21, no GP de Las Vegas de F-1. O valor de arremate foi US$ 18,8 milhões, aproximadamente R$ 92 milhões. A primeira conquista do piloto com o veículo ocorreu no GP da Hungria, em julho de 2013.

Inicialmente, estimava-se que o valor do veículo ficaria entre US$ 10 milhões e US$ 15 milhões. No entanto, o lance vencedor trouxe um novo recorde para a venda pública de um carro moderno de F-1. Até o momento, não foram divulgadas informações sobre o comprador.

O total da oferta pela Mercedes-Benz W04 de Hamilton fica atrás apenas do valor da Mercedes W196R, o carro do bicampeonato de Juan Manuel Fangio em 1954, que foi vendido por 19,6 milhões de libras em 2013.

Lewis Hamilton iniciou sua carreira na Fórmula 1 com a McLaren, equipe que representou de 2007 a 2012, conquistando seu primeiro título mundial em 2008. Em 2013, Hamilton ingressou na equipe da Mercedes, onde acumulou mais seis títulos ao longo de sua carreira.

Temporada 2023

Na última etapa da temporada 2023, realizada em Las Vegas, Lewis Hamilton cruzou a linha de chegada na sétima posição em meio a uma corrida repleta de incidentes.

O heptacampeão mundial teve que se recuperar após se encontrar na 19ª posição devido a um acidente com Oscar Piastri, da McLaren.

Atualmente, Hamilton está ocupando a terceira posição no campeonato de 2023, acumulando 232 pontos, e caindo também nas apostas da Fórmula 1.

A próxima e última corrida da temporada de Fórmula 1 acontecerá no final de novembro, em Abu Dhabi.

Sobre a Mercedes-Benz W04

O desempenho da Mercedes W04 não se resume apenas ao seu posicionamento nas corridas, mas também às especificações técnicas que compõem essa máquina.

O chassi, elemento estrutural fundamental, foi construído em fibra de carbono moldada e composto de favo de mel, proporcionando uma combinação de leveza e resistência.

A suspensão, vital para o equilíbrio dinâmico do veículo, apresenta um sistema com wishbone e pushrod na dianteira e pullrod na traseira.

Os amortecedores, uma peça essencial para a estabilidade em alta velocidade, são da renomada marca Penske. Enquanto isso, as rodas, fabricadas em magnésio forjado pela Advanti, e os pneus da Pirelli, contribuem para a aderência e controle precisos.

No que diz respeito ao sistema de freios, o carro conta com pinças Brembo, discos e pastilhas de freio em composto de carbono, proporcionando uma eficácia nas frenagens. A direção, com assistência por rack e pinhão, e o volante construído em fibra de carbono, promovem tecnologia e ergonomia.

Interno

A parte interna do veículo atende aos rigorosos padrões da FIA, com uma ECU padrão e um sistema eletrônico e elétrico homologado pela federação.

Na transmissão, uma unidade de sete marchas com caixa principal em fibra de carbono oferece desempenho preciso e confiável. A seleção de marcha é sequencial, semiautomática, com acionamento hidráulico, enquanto a embreagem conta com um prato de carbono.

O coração deste carro é o motor Mercedes-Benz FO 108F, um V8 naturalmente aspirado de 2,4 litros, com uma incrível capacidade de atingir 18.000 rotações por minuto. Equipado com 32 válvulas, utiliza o combustível ExxonMobil High Performance Sem chumbo, com 5,75% de biocombustível. As velas de ignição, da NGK, foram especialmente desenvolvidas para a Fórmula 1.

No quesito lubrificação, o veículo utiliza os lubrificantes Mobil 1, que oferecem não apenas maior desempenho, proteção e refrigeração, mas também contribuem para uma maior economia e menores emissões.

Com um peso mínimo regulamentar pela FIA de 95kg, o motor possui um sistema KERS integrado, composto por um motor/gerador elétrico montado no motor, células de armazenamento de energia integradas e eletrônica de potência, elevando ainda mais o nível de eficiência e desempenho desta máquina impressionante.

Embora o carro de 2013 pareça simples, ele se consagrou como um dos melhores lançamentos da temporada, e brilhou com Lewis Hamilton. Agora, o repasse do leilão evidencia, ainda mais, a valorização que a Mercedes W04 recebeu.

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados

Volta Redonda 2024