Coberturas

17ª BusBrasil Fest – Barueri, SP

BusBrasil Fest

Um pouco da história de nosso transporte público

Exposição reuniu ônibus de várias épocas. Nós, é claro, destacamos alguns modelos antigos, como o Flexa Azul da Cometa e clássicos Ciferal, Nielson e Monobloco MB

Aconteceu no último domingo, 27 de novembro, a 17ª edição do BusBrasil Fest, uma exposição de ônibus rodoviários e urbanos, clássicos e modernos, pertencentes a empresas de transporte privadas ou públicas e a particulares. O evento aconteceu em Barueri, na Grande São Paulo.

Realizado pelo Portal do Ônibus, esse foi o segundo BusBrasil Fest de 2022. O primeiro aconteceu em agosto, em Campinas.

BusBrasil Fest

Chevrolet 3800 ‘boca-de-sapo’


Mas apesar dos vários moderníssimos modelos, é claro que nós vamos nos focar naqueles mais antiguinhos, que deixaram saudades em muita gente. Sendo assim, comecemos pelo mais veterano de todos os presentes ao evento: o lotação “woodie” baseado no furgão Chevrolet 3800 do início dos anos 1950, modelo conhecido no Brasil como “boca-de-sapo”, devido ao formato de sua grade.

Um Flexa Azul com pintura no padrão original, um personalizado em vermelho e cinza e um pré-CMA, o Dinossauro II


Flexa Azul, de Prata, Jumbo…

Os fascinantes Flexa Azul da Cometa estiveram representados por diversos exemplares, ainda com a característica pintura da época em tons de azul e bege, ou pintados de outras cores por seus atuais proprietários. Esse modelo exclusivo com carroceria em alumínio foi produzido pela CMA — fábrica da própria Viação Cometa — do início dos anos 1980 ao final dos 1990. Seu precursor foi o Dinossauro, fabricado para a Cometa pela Ciferal, com conjunto mecânico Scania.

FNM 2000 JK
R$ 120.000,00

R$ 45.000,00

VW Fusca 1200 1965
R$ 49.000,00

VW Kombi 1973
R$ 150.000,00

Ford Escort XR3 1992
R$ 29.900,00

R$ 48.900,00

Ford Verona GLX 1.8
R$ 30.000,00

R$ 14.000,00

VW Fusca 1964
R$ 39.000,00

Willys Jeep CJ2A 1948
R$ 105.000,00

VW Voyage LS 1.6 1986
R$ 50.000,00

Ciferal Flexa de Prata e Incasel Jumbo


Por falar e Ciferal e “flexa” a Viação Oliveira, de Santa Bárbara D’Oeste-SP levou ao BusBrasil Fest seu Flexa de Prata 1971 com mecânica Mercedes-Benz da linha LPO, um modelo clássico das estradas brasileiras da época.

Da extinta Incasel, fabricante de ônibus de Erechim-RS, um rodoviário Jumbo 1981, com conjunto chassi/mecânica Volvo. Lançado em 1972, esse modelo esteve em produção até 1986, sendo nos dois últimos anos com a marca Comil.

Monoblocos Mercedes-Benz

O Monobloco Mercedes-Benz em duas versões: o O-321 1968 e o O-364 1979


Presença marcante também dos famosos Monoblocos da Mercedes-Benz, uma longeva gama de modelos lançada no Brasil em 1958 e que ao contrário de outros ônibus, produzidos por encarroçadoras, já nascia como ônibus — sem o uso de chassis de caminhão —, fabricados do início ao fim pela própria MB.

Caio Gaivota, “Tri-Bus” Itapemirim e motorhome Turiscar


E ainda: um Caio Gaivota MB 0-326 1975, que tem na traseira bem inclinada um detalhe fora do comum; um “Tri-Bus” Itapemirim, modelo que causou grande sensação na época, por seus então inéditos três eixos; modelos urbanos da Caio, como o Amélia, o Gabriela e o Vitória, que transportaram a população brasileira nos anos 1980 e 90; o Diplomada 1973 Scania 111 da extinta Nielson, com seu característico teto em dois níveis; e ainda, para os aventureiros de plantão, um Motorhome Turiscar 1984 baseado no popular caminhão Mercedes-Benz 608D.

Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz  – Visite sua Loja Virtual

Deixe seu comentário!

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER.

Novidades dos Classificados

Volta Redonda 2024