MaxiBlog

Pontiac Firebird de Burt Reynolds está à venda

Pontiac Firebird Burt Reynolds

LEILÃO ONLINE DE ANTIGOMOBILISMO

Carros, motos, placas, decoração de garagem, miniaturas, peças e acessórios antigos

CAPTAÇÃO DE ÍTENS ATÉ 30 DE JUNHO
(24) 2243-2876 / (24) 98856-2876 (Whatsapp)

Modelo esportivo fez estrondoso sucesso no filme “Agarra-me se puderes”, estrelado pelo ator em 1977

Em 1977 o filme “Smokey and the Bandit”, estrelado pelo galã Burt Reynolds, foi a segunda maior bilheteria de Hollywood, perdendo apenas para “Star Wars”. Uma das razões do sucesso dessa comédia de ação, foi a participação do Pontiac Firebird Trans Am preto e dourado, o que tornou esse muscle car americano ainda mais famoso e desejável.

O filme teve no elenco também a talentosa e premiada atriz Sally Field, e no Brasil ganhou o nome de “Agarra-me se puderes” e logo virou figurinha fácil na “Sessão da Tarde”. Reynolds vive o papel de um fora da lei, que tem a missão de levar o contrabando de uma certa cerveja proibida de um lado ao outro do Texas, numa longa viagem com prazo de tempo bem apertado. Uma tarefa para o veloz muscle car da Pontiac. De carona, ele leva a mocinha Carrie, que acaba de fugir de seu casamento.

Pontiac Firebird Burt Reynolds

O ator Burt Reynolds e seu Pontiac em 2017


Como dá para imaginar, são inúmeras as cenas de perseguição, batidas, mergulhos em desfiladeiros… Então, segundo consta, não restou inteiro nenhum dos carros usados durante as filmagens.

“Agarra-me se puderes” e o Pontiac Firebird tornaram Burt Reynolds — que já era um dos grandes nomes do cinema americano na época — ainda famoso. Então, em 2016 ele quis homenagear o carro e para isso usou um Firebird Formula 1978 para a transformação. Originalmente o carro era na cor prata e recebeu a característica pintura preta com detalhes em dourado.

O carro não é exatamente igual ao carro do filme. Os bancos bi-colores (uma “licença poética”) têm bordados a palavra “Bandit”, em referência a seu personagem no filme. Há também adesivos com as iniciais “BR” e um autógrafo do ator no capô.

Nota-se ainda que o “pássaro de fogo” do capô tem desenho diferente e o Formula usado na personalização não possui o teto estilo targa, como nos Trans Am autênticos. A mecânica é de respeito: um V8 de 8.2 litros com câmbio manual de cinco marchas.

Burt Reynolds morreu vítima de um ataque cardíaco dois anos após a conclusão desse projeto. O carro agora está a venda através de um leilão do site Bring a Trailer.

Antes dessa, Reynolds já havia feito outra réplica do Pontiac Firebird do filme.


Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados