Coberturas

9º Encontro de Autos Antigos de Congonhas, MG

9º Encontro de Autos Antigos de Congonhas

LEILÃO ONLINE DE ANTIGOMOBILISMO

Carros, motos, placas, decoração de garagem, miniaturas, peças e acessórios antigos

CAPTAÇÃO DE ÍTENS ATÉ 30 DE JUNHO
(24) 2243-2876 / (24) 98856-2876 (Whatsapp)

De volta à “Romaria”

Ponto turístico onde evento acontece desde a primeira edição foi totalmente revitalizado. Entre os carros, um VW que foi ganho no Baú da Felicidade e permanece na família há quatro gerações

Amós, da obra de Mestre Aleijadinho, foi o Profeta escolhido para ser retratado no troféu de participação do 9º Encontro de Autos Antigos de Congonhas. Verdadeira obra de arte, a estatueta também é esculpida em pedra sabão e dada aos expositores desde a primeira edição.

9º Encontro de Autos Antigos de Congonhas

Os troféus de participação dos Profetas de Aleijadinho são marca registrada do evento. São esculpidos em pedra-sabão


O evento aconteceu nos dias 11 e 12 de junho. Além de ser a primeira edição pós-pandemia, foi também a primeira depois das obras de revitalização da Romaria, que teve início em 2019. O ponto turístico, que no passado era uma estalagem pública para os romeiros que visitavam a cidade em datas religiosas, hoje é tombado pelo IPHAN.

Abertura oficial


A cerimônia de abertura aconteceu na manhã de sábado (11) e contou com a presença do prefeito de Congonhas, Cláudio Antônio de Souza e benção do Pe. Amauri Paixão. Presentes também o presidente da Câmara, Mércio Ronan; o diretor do Instituto Estrada Real, Daniel Junqueira; a diretora da Fundação Municipal de Cultura, Lana Mércia, e o presidente Associação Mineira de Antigomobilismo, Antônio do Monte.

Emocionante o desfile dos alunos e professoras da APAE. O Clube de Autos Antigos de Congonhas (CAAC) —organizador do evento — prestou uma homenagem ao Clube do Fusca de Congonhas, que está comemorando seu primeiro aniversário. A Corporação Musical Senhor Bom Jesus tocou o Hino Nacional.


À noite, o CAAC recebeu os expositores na Celebre Espaço de Festas e Eventos, para o jantar de confraternização, com música ao vivo a cargo da dupla Warley e Wanderley. Muitos antigomobilistas foram no ônibus fretado pelo clube, que foi buscá-los nos hotéis.

Domingo dos namorados

9º Encontro de Autos Antigos de Congonhas

A Família Elias distribuiu corações no Dia dos Namorados


O domingo começou no clima romântico do Dia dos Namorados. Aproveitando a ocasião, o presidente do CAAC, Robson Elias fez uma tremenda surpresa: deu de presente à sua esposa Carolina, um Buick Eight Conversível 1946. A Família Elias chegou à Romaria com o carro cheio de balões em forma de coração, que foram distribuídos aos visitantes.

Alguns Fuscas na alameda de acesso


Os Fuscas e outros Volkswagens lotaram a alameda de acesso ao pátio principal da exposição. Participação de antigomobilistas da cidade e de outras regiões de Minas Gerais, incluindo a Capital.

Destaques sobre rodas

9º Encontro de Autos Antigos de Congonhas

A Brasília 1977 foi ganha no sorteio do Silvio Santos. Até hoje na mesma família


  • Brasília do Baú — Ela está na mesma família há quatro gerações. Em 1977, Geraldo José da Costa, morador de Barbacena, ganhou no sorteio do Baú da Felicidade essa VW Brasília bege. O carro depois passou para seu filho, seu neto e hoje pertence a Artur Costa, seu bisneto. Simplesmente incrível!

  • Willys – Esse evento tem sempre boa participação dos veículos fabricados pela extinta Willys. E dessa vez não foi diferente. Além de Jeeps, diversos exemplares da Rural — a avó dos modernos SUVs —, e do Aero, nas versões “bolinha” (com design herdado dos EUA) e nacional.

  • Chevrolets – Ônibus e caminhão. Ambos da Linha “Advanced-Design” do início dos anos 1950 — modelo apelidado no Brasil de “boca-de-sapo”, por causa do formato da grade. O caminhão levando na carroceria um igualmente antigo Jeep CJ3.

  • Ford Falcon Conversível 1963 — Esse modelo considerado compacto no mercado norte-americano da época, tem o mesmo chassi do Mustang, lançado em 1964. É um modelo pouco comum no Brasil, principalmente nessa versão “descapotável”.
  • Ford Pampa XP 1993 – A picape leve sobreviveu por vários anos depois do fim do Corcel II, modelo da qual se originou. Essa versão especial com cabine dupla é a XP, uma criação da extinta SR, marca de veículos especiais da concessionária Ford Souza Ramos.
9º Encontro de Autos Antigos de Congonhas

Imponente: Ford Maverick Sedan 1976


  • Maverick Sedan – Quem curte o Maverick esportivo GT, muitas vezes torce o nariz para a versão mais “careta” da linha: a sedan de quatro portas. De fato, o apelo é mais familiar, mas também estava disponível com o desejado V8 302 e ainda com câmbio automático. E não há como não admirar um exemplar elegante como esse 1976 prata com teto em vinil preto, calotas e todos os demais detalhes. Muito bonito e perfeitamente preservado.

O 9º Encontro de Autos Antigos de Congonhas teve ainda: esportivos nacionais, como VW Gol GTI e Ford Escort XR3 Cabriolet; Chevrolets e Mercury do final dos anos 1940; um muito raro Ford Corcel GT XP 1972… CONFIRA EM NOSSA GALERIA DE IMAGENS.

Até a próxima!


Como em edições anteriores, o ponto de encontro dos antigomobilistas foi a Praça de Alimentação com suas barracas de entidades assistenciais, com refeições quentinhas, bebidas geladas, muitos reencontros e calor humano.

Foi lá que aconteceu a cerimônia de encerramento de mais essa edição do evento, com homenagens e entrega de troféus aos representantes dos clubes. A descontração e a música rolaram soltas, com as bandas Estado Crítico e Warley e Wanderley.

Redação: Fernando Barenco, com informações de Jorge Filho
Fotos: Jorge Filho
, a quem agradecemos

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados