Coberturas

Clássicos das 1000 Milhas Históricas Brasileiras estiveram em exposição em São Paulo

1000 Milhas Históricas Brasileiras

LEILÃO ONLINE DE ANTIGOMOBILISMO

Carros, motos, placas, decoração de garagem, miniaturas, peças e acessórios antigos

CAPTAÇÃO DE ÍTENS ATÉ 30 DE JUNHO
(24) 2243-2876 / (24) 98856-2876 (Whatsapp)

Espalhe por aí!

Foram mais de 20 carros fabricados entre 1948 e 2003, que se reuniram na última terça-feira (17), no Shopping Iguatemi, aonde foram adesivados

Na última terça-feira, 17 de maio, os carros antigos que estão participando das 1000 Milhas Históricas Brasileiras estiveram em exposição no Shopping Iguatemi, em São Paulo, Capital. Os veículos chegaram por volta das 16h e foram adesivados com seus números e logos da competição, além das marcas dos patrocinadores.

Foram mais de 20 carros — produzidos entre 1948 e 2003 — quase todos modelos importados, de marcas de prestígio como Bentley, Ferrari, Jaguar, BMW, Mercedes-Benz, Porsche, Triumph e, claro, a inglesa MG, já que o evento é organizado pelo MG Club do Brasil. Os dois modelos Brasileiros foram o VW SP2 e o Willys Interlagos Berlineta.


O início das 1000 Milhas Históricas Brasileiras

A edição 2022 das 1000 Milhas Históricas Brasileiras teve início na manhã desta quarta-feira, 18 de maio. A largada aconteceu no Posto Frango Assado, que fica na Rodovia dos Bandeirantes KM 34, altura de Caieiras – SP.

Disputada pela primeira vez em 2011, a 1000 Milhas Históricas Brasileiras estreia neste ano um novo formato, com o evento centralizado no Santa Clara Eco Resort, que fica em Dourado, cidade próxima a São Carlos. Cada dia de prova terá um percurso diferente, sempre com largada e chegada no Santa Clara e um passeio integrando a programação.

Entre esses passeios, estão uma visita ao Museu Mario Fava, em Bariri (que conta a história de uma viagem de carro de ida e volta entre São Paulo e Nova York, iniciada em 1928 e encerrada dez anos depois); um passeio no barco turístico NM Homero Kränenbühl, que navega em um trechos mais belos do rio Tietê, incluindo passagem pela eclusa de Barra Bonita e almoço a bordo depois de um serviço de canapés no convés do barco; e visitas a duas coleções particulares de veículos clássicos, uma delas a do Museu Agromen.

O resultado de cada dia desse raid de regularidade será baseado na menor quantidade de pontos perdidos na estrada devido ao atraso ou adiantamento dos carros na passagem pelos postos secretos estabelecidos pela cronometragem. Os quinze primeiros colocados de cada dia marcam pontos na seguinte escala: 25, 20, 16, 13, 11, 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1.

Será considerada vencedora das 1000 Milhas Históricas Brasileiras a dupla que somar mais pontos de acordo com os resultados finais de cada dia.

Texto: Fernando Barenco e Letra Nova Comunicação
Fotos: Odair Ferraz – Visite sua Loja Virtual

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados