Curiosidades

Quanto custavam os carros antigos há 20 anos?

Quanto custavam carros antigos

Fomos conferir, pesquisando anúncios classificados de 2002 e 2003. Comparados com os valores de hoje, alguns preços são inacreditáveis. Dá só uma olhada!

Nem a instabilidade econômica e o desemprego, nem a alta desenfreada dos preços dos combustíveis, muito menos o dólar de 5X1 e nem mesmo uma pandemia que tomou conta do mundo nos últimos dois anos, têm conseguido barrar a valorização forte e constante dos carros antigos. Fenômeno que se observa não apenas no Brasil, mas também no mercado internacional.

Já falávamos sobre isso em 2017, quando publicamos uma matéria mostrando que os carros antigos eram um senhor investimento, já que haviam se valorizado mais até do que o ouro nos dez anos anteriores. Dados confirmados meses depois pela Fundação Getúlio Vargas.

Mas você tem ideia de quanto custavam os carros antigos há uns 20 anos, época em que o antigomobilismo começou de fato a ter mais popularidade e se a tornar o fenômeno o que é hoje, com uma legião de pessoas de todas as idades interessadas, inúmeros clubes e encontros com o status de grandes eventos?

Resolvemos matar a curiosidade e para isso consultamos a seção de classificados de edições 2002 e 2003 da Classic Show, a revista que desde o ano 2000 é a maior referência impressa sobre carros clássicos no Brasil.

Selecionamos os prints de vários desses anúncios. Alguns valores são inacreditáveis se comparados com hoje. Interessante perceber que os modelos menos valorizados na época eram justamente os que estão com valores estratosféricos atualmente: Ford Galaxie/Landau, Dodges Dart e Charger, Ford Maverick e Chevrolet Opala.

Por uma verdadeira pechincha era possível comprar também um importado do calibre de um Chevrolet Impala SS 1965 ou um Ford Mustang Hardtop 1967, por exemplo.

Clique nas imagens e confira!

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados