Clube News

Clube do Fusca Belo Horizonte se despede e deixará saudades

Clube do Fusca Belo Horizonte se despede e deixará saudades

O Clube do Fusca Belo Horizonte é baseado na saudade.⁣⁣⁣⁣ Somos um grupo de pessoas saudosistas, que gostam de relembrar tempos antigos, compartilhar experiências e conservar o que foi bom. Gostamos de lembrar daquela pessoa especial que sempre surge na memória quando pensamos no Fusquinha; daquele primeiro Fusca que dirigimos há alguns anos; da brincadeira do “Fusca azul” ou até mesmo da primeira vez em que empurramos – sim, esse dia sempre chega – um Fusquinha no meio da rua, da estrada ou onde quer que seja.⁣⁣⁣⁣O Fusca não é só um carro. É uma paixão. E foi por isso que o Clube do Fusca Belo Horizonte nasceu: para reunir pessoas apaixonadas e interessadas em manter viva a história do antigomobilismo.⁣⁣⁣⁣

Essa história é feita de muitos capítulos e, mesmo que alguns se encerrem, as memórias permanecem.⁣⁣⁣⁣No Clube, sofremos perdas ao longo desses anos. Sentimos todas as dores profundamente e, ainda assim, continuamos. Mas chegou a hora de encerrar também esse capítulo.⁣⁣⁣⁣Eu, Silvana, continuei com o Clube nesses últimos anos por amor: à nossa história, ao Fusca, ao Clube e, principalmente, ao Amauri.

Hoje, exatos 8 anos após nos despedirmos dele, que fundou e liderou o Clube por tanto tempo e com tanto entusiasmo, encerro as atividades sabendo que, nesses quase 19 anos de existência, nós fizemos história.⁣⁣⁣⁣Conhecemos novas pessoas, fizemos amizades, viagens e encontros, tiramos fotos, vendemos, trocamos e compramos carros, peças, experiências… Se precisássemos escrever um livro, não faltariam palavras.⁣⁣⁣⁣ Obrigada por ter feito parte dessa história. Tenho certeza que, se estivesse aqui, o Amauri estaria orgulhoso e feliz por termos reunido por tantos anos um grupo tão diverso e acolhedor de pessoas apaixonadas por Fusca.⁣⁣⁣⁣ Que todas as lembranças que construímos no Clube do Fusca Belo Horizonte ajudem a manter viva a sua paixão.⁣⁣⁣⁣

O nosso Fusquinha verde estará sempre aqui, na garagem e pelas ruas, nos lembrando de tudo o que passamos e ainda passaremos nesse besouro tão simpático e presente em tantas vidas. E, quem sabe, um dia a gente se encontra novamente por aí?⁣⁣⁣⁣@silvanakbo

Texto Silvana Khoury B. Oliveira
Edição: Fatima Barenco

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados