Repórter Maxicar

Família de Og Pozzoli recebe prêmio “Hall da Fama da FIVA” dado ao colecionador

Hall da Fama da FIVA

LEILÃO ONLINE DE ANTIGOMOBILISMO

Carros, motos, placas, decoração de garagem, miniaturas, peças e acessórios antigos

CAPTAÇÃO DE ÍTENS ATÉ 30 DE JUNHO
(24) 2243-2876 / (24) 98856-2876 (Whatsapp)

Cerimônia aconteceu no último sábado (11/12), em Campos do Jordão-SP. Og Pozzoli foi um dos 14 antigomobilistas do mundo todo a receber a honraria e o único brasileiro. Ele morreu em 2017 e agora sua coleção vai virar museu

Em agosto deste ano, a Fédération Internationale des Véhicules Anciens (FIVA) anunciou a escolha dos 14 antigomobilistas escolhidos para receber o prêmio “FIVA Heritage Hall of Fame” (Hall da Fama da FIVA)Og Pozzoli — o mais famoso colecionador brasileiro e que morreu em 2017 — foi um dos eleitos, ao lado de personalidades de países como Alemanha, Itália, Bélgica, Japão, Índia, Chile, entre outros.

Homenagem póstuma

A entrega do prêmio “Hall da Fama da FIVA” aconteceu no último sábado, 11 de dezembro, em cerimônia promovida pela Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA) — entidade que representa a FIVA no Brasil —, na Fazenda Baronesa Von Leithner, em Campos do Jordão-SP. Receberam o prêmio em nome de Pozzoli sua viúva Maria Lúcia e seu filho João.

Museu quase pronto

O diretor do Conselho Consultivo da FBVA, Roberto Suga (e), foi o mestre de cerimônias. Discursando, o diretor da Fundação Lia Maria Aguiar, Luiz Goshima


Campos do Jordão foi escolhida porque está sendo construído lá um museu que abrigará todo o acervo da coleção de Pozzoli, que foi adquirida pela Fundação Lia Maria Aguiar, entidade assistencial voltada para a arte, educação, cultura e cidadania de crianças e adolescentes. Junto com o museu será criada também uma escola de restauração e preservação de automóveis, voltada à capacitação dos jovens já atendidos pela Fundação.

Um sonho realizado, já que Og confidenciava que quando morresse gostaria que sua coleção não fosse desmantelada, mas sim que permanecesse reunida em um museu.

Durante a cerimônia de premiação, o diretor da Fundação Lia Maria Aguiar, Luiz Goshima, afirmou que a previsão é que o museu escola seja inaugurado em julho de 2022, durante o conhecido Festival de Inverno de Campos do Jordão. “Estamos muito orgulhosos com esse privilégio de poder, através da nossa Fundação, recepcionar esses veículos que fizeram parte de um acervo tão importante para nós, brasileiros, e saber que a figura do Og inspirou tantas gerações de pessoas apaixonadas por automóveis”, afirmou Goshima.

“Hoje nós temos essa possibilidade de formatar um projeto social de grande relevância para o universo dos automóveis, nesse projeto do museu escola que a nossa Fundação está desenvolvendo e que foi incentivado principalmente pela possibilidade de adquirir o acervo do nosso querido Og”, completou.

“Eu quero agradecer a Dona Lia por estar com o acervo do Og. Quando foi feito o negócio ele me disse: ‘vou feliz porque sei que está em mãos muito importantes. Que vai dar a dignidade que eu dei à coleção’”, disse Maria Lúcia Pozzoli ao receber o prêmio.

O Hall da Fama da FIVA e o legado de Og Pozzoli

A escolha de Og Pozzoli como primeiro brasileiro a receber o prêmio “Hall da Fama da FIVA” não foi por acaso. Verdadeiro baluarte do antigomobilismo nacional, ele ficou famoso até entre os que não são muito ligados aos automóveis antigos. Sempre simpático, atencioso e cheio de histórias para contar, foi um pioneiro neste hobby, começando numa época em que lugar de “carro velho” era no desmanche e não numa coleção. Ao longo da vida formou um acervo com cerca de 170 preciosos carros, que agora vão virar museu.


Veja também

Deixe seu comentário!

Novidades dos Classificados