Coberturas

9º Passeio da Liberdade – Santa Cruz de Minas, MG

Passeio Liberdade MG

Mineiros comemoram Dia do Antigomobilismo no Estado

Evento durou todo o fim de semana e aconteceu numa pousada em Santa Cruz de Minas, cidade próxima à famosa São João Del Rei

Os entusiastas de carros antigos de Minas Gerais comemoraram em grande estilo o Dia do Antigomobilismo Mineiro. O 9º Passeio da Liberdade aconteceu entre os dias 29 e 31 de outubro — de sexta-feira a domingo — no Espaço Lagos de Minas. A pousada fica em Santa Cruz de Minas, cidade que é uma espécie de extensão de São João Del Rei. A proximidade entre as duas cidades é tanta, que é até difícil dizer onde termina uma e começa a outra. Santa Cruz de Minas é também a menor cidade brasileira em extensão territorial, com apenas 3,6km2.

O 9º Passeio da Liberdade foi um evento interclubes. Ano passado, por causa da pandemia da Covid-19, ele não aconteceu.

Foram cerca de 90 carros antigos em exposição, alguns em área coberta, outros ao ar livre. Os expositores aproveitaram a viagem para curtir um pouco dos encantos turísticos da região, incluindo as construções centenárias de São João Del Rei, o passeio de “maria fumaça”, os restaurantes e a visita aos museus do Automóvel da Estrada Real e o da Moto, ambos ali pertinho, em Tiradentes, outra badalada cidade histórica da região.

A ‘Charmosa’ das Vertentes


Um dos destaques automotivos foi a justamente a jardineira “Charmosa”, um ônibus Chevrolet 1935, famoso por seus passeios turísticos em Tiradentes e que pertence ao acervo do Museu Automóvel, que fica no distrito de Bichinho.

E “Charmosa” teve a companhia de outro coletivo, o Mercedes Benz 1974 com bela carroceria da extinta Ciferal. O veículo foi resgatado há alguns anos em um ferro velho e perfeitamente restaurado, sendo bastante conhecido nos encontros mineiros.


Entre os clássicos importados, um exageradamente lindo (ou seria lindamente exagerado?) americano dos “anos dourados”: um Mercury Monterey 1959, com seu “rabo-de-peixe” (também na foto principal) que rivalizava em extravagância com modelos de marcas como Cadillac e Dodge.

Como não amar Rosalie


Bem mais comedidos, alguns Chevrolets fabricados nas décadas de 1940 e 50. Ainda entre os modelos fabricados nas primeiras décadas do século passado, um pequeno Ford Prefect inglês fabricado em 1948, uma dupla de Fords americanos Modelo A com carroceria conversível de quatro portas Phaeton fabricados em 1929 e 1931.

Raríssimo no Brasil um Citroën Sedan 1933, modelo que tem o singelo nome de Rosalie. Ele foi o antecessor do famoso Traction Avant, lançado em 1934 e popular aqui.

Alfa Romeo Spider, com Rolls Royce ao fundo


Um nobre inglês Rolls Royce Silver Wraith II 1980 fez companhia ao esportivo italiano Alfa Romeo Spider 1987. Ambos pertencem ao mesmo proprietário.


Em matéria de modelos nacionais, o 9º Passeio da Liberdade também mostrou belos exemplares. Caso do Ford Corcel GT XT 1972 original de fábrica e com envolventes lanternas traseiras, um raro acessório da época. A prata da casa DKW Vemaguet 1964 veio mostrar que a pequena Santa Cruz de Minas tem ótimos carros antigos.

E ainda: uma rara VW Kombi de 6 portas; os esportivos nacionais dos anos 1990 Chevrolet Kadett GSI e VW Gol GTI; Chevrolets Opala SS pós 1975; um Karmann Ghia TC 1972 com rodas esportivas de época.

Texto e edição Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz – Visite sua Loja Virtual


ANUNCIE GRÁTIS!