Coberturas

Encontro Mensal do Veteran Car Clube do Brasil – Setembro de 2021 – São Paulo, SP

Mensal Veteran Car setembro

Sedans, SWs, esportivos, jipes, motos… Teve de tudo um pouco nessa edição

Além disso, o evento foi beneficente, arrecadando produtos para um hospital referência no tratamento de paralisia cerebral

Nada como unir o útil ao agradável; poder levar o carro clássico para um passeio numa bela manhã de domingo, rever os amigos depois de um longo período de pandemia (mas mantendo aquelas imprescindíveis regrinhas sanitárias!) e ainda por cima ter a possibilidade de ajudar o próximo. Foi assim a edição de setembro do Encontro Mensal do Veteran Car Clube do Brasil -SP em setembro. É que o evento fez uma campanha de arrecadação de leite em pó, aveia e Mucilon para o Hospital Cruz Verde, uma referência no tratamento da paralisia cerebral, fundado em 1958 e que tem sede na Vila Clementino.

Mensal Veteran Car setembro

Em setembro, o evento recebeu donativos


A diversidade de tipos e modelos marcou esse Mensal do Veteran Car Clube — que aconteceu no último dia 12, nos arredores da Cinemateca Brasileira —, além é claro da costumeira qualidade dos automóveis.

Veja em nossa Galeria de Imagens a expressiva quantidade de Mercedes-Benz, com os mais variados modelos antigos e modernos, fazendo uma verdadeira sopa de letrinhas, indo de uma bem comportada coupê 280C 1974 até a esportiva CLK320 Cabriolet de meados da década de 2000.


Nosso prestigiado esportivo Puma esteve representado por uma dezena de exemplares, entre os quais destacamos o pioneiro 1967, o GTS 1975 branco e o GTB Série II 1980. Três modelos e três mecânicas distintas: DKW, VW e Chevrolet, respectivamente. Isso é que é diversidade!

7-galos

Mensal Veteran Car setembro

Clássicas motocicletas Honda


Mas nem só os fãs de carros clássicos ficaram felizes. Quem curte motos pôde admirar de perto um dos mais míticos modelos de todos os tempos, eleita a “Moto do Século XX” por uma conceituada revista americana. Estamos falando da japonesa Honda CB 750, lançada em 1969 e que por aqui ganhou a alcunha de “7-Galo”, uma referência ao jogo do bicho. Havia nada menos do que sete delas neste evento. E não é conta de mentiroso! De quebra, uma não menos expressiva 500 Four, também da Honda (em primeiro plano na foto acima).

As Stations


Voltando aos automóveis, falemos um pouco sobre um segmento que com o advento dos modernos SUVs está em fase de franca extinção no mercado de novos, mas que há até um passado recente fazia muito sucesso por seu conforto, praticidade, versatilidade e espaço: estamos falando das Station Wagons. Então, tratemos de preservar muito bem as antigas.
A Chevrolet Impala perua V8 1967, hoje novinha em folha, teve um passado inglório: foi mantida guardada por anos com a traseira descoberta. Ai as intempéries fizeram seu trabalho. De acordo com seu proprietário, a restauração levou uma década e ainda faltam alguns pequenos detalhes. Nem parece.

A outra Station também é uma Chevrolet e olhando assim de repente, nos lembra a nossa hoje rara Marajó, só que anabolizada.  Detalhe interessante nessa Vega 1974 fica por conta dos para-choques, que são retráteis em caso de colisão, uma exigência da legislação de trânsito nos EUA naquela época, que fez com que alguns modelos adotassem verdadeiros “trilhos de trem”. Mas não é o caso deste carro, que tem para-choques até discretos, se comparados a outros modelos.


Para encerrar, registramos a presença de dois Volkswagens raros em seus anos de fabricação: a dupla Santana CD quatro portas (modelo top de linha) e Quantum CG, ambos fabricados em 1986. Eles são da primeira versão, lançada em 1984, ainda com parachoques “quadrados”, que passaram a ser envolventes em 1987. Dois lindíssimos exemplares. Nossos parabéns aos felizes proprietários!


Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos e dicas: Odair Ferraz –
Visite a sua Loja Virtual

ANUNCIE GRÁTIS!