Coberturas

11º Encontro Mopar Clube Brasil – Louveira, SP

Paixão e estilo de vida

Evento reuniu colecionadores e fãs de clássicos e modernos Chrysler no interior paulista

MOPAR. Muito mais do que uma sigla em Inglês que significa simplesmente “motor parts” e que foi cunhada meio por acaso na década de 1930, representa um estilo de vida para aqueles fãs mais fervorosos. Conta-se que a Chrysler criou uma placa para ser pendurada na porta de suas concessionárias, indicando que ali havia peças de reposição também. Na época ela detinha também as marcas Dodge, Plymouth e DeSoto. Hoje, essas duas últimas não existem mais e foi incorporada a Jeep. Lembrando, que agora tudo pertence à italiana Fiat.

O fato é que ao longo das décadas, MOPAR se tornou uma espécie de selo Chrysler, que nos lembra automóveis de alto desempenho em todo o Mundo, não apenas nos Estados Unidos.

E no Brasil não é diferente. Prova disso é que sempre temos notícias do surgimento de novos clubes dedicados a esses veículos incríveis. E foi justamente um desses clubes, o Mopar Clube Brasil, o organizador deste encontro que aconteceu em Louveira, interior de São Paulo, nos dias 14, 15 e 16 de setembro.

Indústria nacional: Dart 1971, Charger R/T 1977 e Le Baron 1981


Reuniram-se lá modelos fabricados a partir dos anos 1960, brasileiros e importados, de perfis esportivos e clássicos. Dessa segunda categoria, destacamos os Darts nacionais da primeira geração, fabricados entre 1969 e 1978; e também os da segunda fase, com o lançamento de Magnum e Le Baron. Mas é claro que não podemos esquecer daquele esportivo brasileiro que habita os sonhos não apenas dos fãs de MOPARS, mas de grande parte dos antigomobilistas de modo geral.  Estamos falando do Charger R/T, um dos mais valorizados clássicos de nosso país.

Havia ainda alguns 1800/Polara, modelo que, se não possui o DNA (origem/potência) que distingue um MOPAR — é um derivado do Hillman Avenger, inglês — pode ser considerado um filho adotivo dessa família.

Plymouth Road Runner 1970

Entre os importados, um bem raro (e lindo!) Charger R/T 1966 — o ano do lançamento — com sua fluida traseira fastback que parece não ter mais fim. “General Lee” havia até mais de um. Para quem não está ligando o nome à pessoa, era o apelido do Charger R/T 1969 da série televisiva “Os Gatões’, de grande sucesso nos anos 1980. Todos na foto principal

Quer mais personagem da TV? Que tal um Plymouth Road Runner 1970, o modelo que numa jogada de Marketing da Chrysler foi inspirado no personagem ‘Papa-Léguas’ da Warner Brothers. Acredite: sua buzina faz “bip-bip”, igual ao desenho animado.

Moderninhos: Pt Cruizer 2007 e Charger R/T Daytona 2008


Entre modelos mais modernos, várias pick-ups Dodge Dakota e Ram; SUVs Jeep Cherooke e Dodge Journey; Chyslers 300 C e Neon; um descolado PT Cruiser e um semi-novo Dodge Charger R/T versão especial Daytona, fabricado em 2008.


GALERIA DE IMAGENS


Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp