Coberturas

Expo Clássicos 2018 – Sumaré, SP

Os pesos-pesados foram os reis da festa

Caminhões e cavalos mecânicos foram os destaques de mostra que reuniu também pick-ups, automóveis, veículos militares, off-roads e motocicletas

Ssumaré, no interior de São Paulo, sediou no último final de semana — 03 e 04 de março — uma exposição de veículos antigos, onde os destaques foram os caminhões e cavalos mecânicos.

O evento aconteceu no Expo Águas e contou com a participação também de pick-ups originais e modificadas, Jeeps e outros veículos off-road, motocicletas e claro, automóveis de passeio.

Os fãs de pesos-pesados puderam ver de perto aqueles enormes cavalos mecânicos, que antes eram apenas admirados em filmes americanos dos anos 1970, caso dos Kenworth, Mack, Freightliner e GMC. Quem curte mais os de origem europeia tiveram diversos exemplares Scania e Mercedes Benz — fabricados na Alemanha e no Brasil, além de um FNM D1100, genuinamente nacional, produzido sob autorização da italiana Alfa Romeo.

Três recém importados caminhões de bombeiros

Caminhões de Bombeiros? Teve também. Esses três da foto acima foram importados recentemente dos “States”. O último no fundo, por exemplo, é um Ottawa-Beck 1500/500 fabricado em 1987 e pertencia ao departamento de incêndio do Warner Bros Studios, de Los Angeles, Califórnia. Com o perdão do trocadilho: coisa de cinema!

O número de motocicletas clássicas foi muito bom, incluindo Hondas, Yamahas, Harley-Davidson, entre outras marcas. Embora tenha jeitão retrô, a Royal Enfield com sidecar nada tem a ver com a clássica motocicleta inglesa cuja fábrica encerrou suas atividades na década de 1970. Foi fabricada na Índia em 2012.

Ford Torino GT 1968: irmão maior do Mustang

Entre os automóveis importados, destaque para o incrível Ford Torino Fastback GT 1968, uma espécie de ‘irmão maior’ do Mustang. Mas essa semelhança permaneceu só até 1970, quanto o Torino passou por uma completa reestilização. Não podia faltar também o próprio Mustang, em modelos da primeira e segunda gerações.

Entre os modelos nacionais, um belo sexteto de ‘novos clássicos’, Gols GT/GTS/GTI, que ao que tudo indica, pertencem todos ao mesmo feliz proprietário. O modelo é um dos mais cultuados entre os esportivos nacionais das décadas de 1980 e 90, principalmente entre os colecionadores que estão na casa dos 30, 40 anos.

SSR 2006. No detalhe, a ‘Boca-de-bagre’, fonte de inspiração

Em meio as diversas Chevrolet 3100 “Boca-de-Sapo” dos anos 1950, uma controversa pick-up moderna, que já virou cult. Estamos falando da Chevy SSR, um modelo fabricado apenas entre 2003 e 2006, que tem estilo que mistura vintage com hot rod, e ainda por cima é conversível! Seu design foi inspirado na 3100 produzida em 1954 e 55 (primeira série), que ficou conhecida no Brasil como “Boca de Bagre”. Até que lembra um pouqinho mesmo!  Mas a SSR não agradou muito na época e foram vendidas apenas cerca de 24 mil. No Brasil existem poucas. Futuro clássico, na certa!


ÁLBUM DE IMAGENS


Texto e edição: Fernando Barenco
Fotos: Odair Ferraz

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp