Clássicos em video

Uma dupla de Mercedes-Benz 300 SL guardada por mais de 50 anos

Está cada dia mais difícil conhecer histórias de automóveis que permaneceram (ou permanecem) guardados de forma anônima por vários anos. Com a popularização da internet, as notícias passaram atravessar o mundo de forma instantânea, o que tornou quase impossível a esses proprietários excêntricos manterem segredo e a privacidade por muito tempo e consequentemente ficarem livres do assédio de insistentes propensos compradores.

Mas veja só essa. Foi descoberta recentemente em uma garagem da Califórnia – EUA uma dupla das míticas Mercedes-Benz 300 SL. A verde uma Gullwing (a famosa “asa-de-gaivota”) 1955. A cinza, uma Roadster 1957. Ambas foram adquiridas zero km pelo pai do atual proprietário, que as herdou quando ainda eram semi-novas, em 1964. Desde então, ele as Preservou intactas, sem qualquer restauração ao longo dos últimos 53 anos, levando-as apenas para passeios curtos esporádicos. Atualmente, a cinza tem somente 38 mil milhas rodadas e a verde ainda menos: 16 mil.

Ambas serão leiloadas no estado em que se encontram pela casa de leilões Gooding & Company, durante o sofisticado evento de Pebble Beach, que acontece em agosto. Espera-se que a Roadster seja arrematada por US$ 1 milhão. Já a Gullwing pode atingir valor um pouco maior: US$ 1,3 milhão.

Valeu muito a pena mantê-las guardadas!

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp