Coberturas

2º Encontro Anual do Clube Antigos do Litoral – Praia Grande, SP

Antigos para todos os gostos no litoral paulista

Cerca de 300 veículos de diversas marcas, épocas e gêneros, brasileiros ou estrangeiros, estiveram no Centro de Convenções Jair Rodrigues

Fruto da iniciativa de antigomobilistas da região metropolitana da Baixada Santista, próximo a São Paulo, o 2º Encontro Anual do Clube Antigos do Litoral reuniu, no dia 19 de março, quase 300 veículos de diversas marcas, épocas e gêneros, brasileiros ou estrangeiros, no Centro de Convenções Jair Rodrigues, conhecido como “quadradão”, em Praia Grande. Sua infraestrutura com grande área coberta, atraiu antigomobilistas de diversas localidades de São Paulo e estados vizinhos, que mesmo sob chuva contribuíram para abrilhantar o evento, caracterizado pela grande diversidade de veículos, incluindo além de automóveis, jipes, picapes, caminhões e motocicletas para todos os gostos, originais ou customizados, unindo várias tribos, proporcionando momentos de alegria e congraçamento entre os participantes.

Chevrolet Boca de Sapo 1951
Ford 1929

Clássicos como o Ford 1929 e símbolos da indústria norte-americana dos anos 50 e 60, como a picape Chevrolet Boca de Sapo 1951 e um luxuoso Impala 1963 deram o ar da graça, apesar da forte predominância dos veículos Made in Brazil, entre os quais o soberano Opala, notadamente visto em grande quantidade em meio a Fuscas, Galaxies, Maverick, Corcel, Chevette, Fiat, esportivos e buggyes em fibra de vidro, chegando aos contemporâneos Passat, Gol, Voyage, Escort, Kadett e Vectra, individualmente ou representados por cerca de 15 clubes, como o Itanhaém Fusca Clube, “Opaleiros da Baixada” e Buggy Club Litoral SP, compondo um amplo panorama da história de nossa indústria automobilística.

Passat LS 1.6 1982
Fiat Spazio 1983

Entre estes carros, que a princípio podem não parecer necessariamente antigos, dadas as suas características em termos de design e tecnologia, podiam ser vistas algumas raridades, como um Passat LS 1.6 de 1982 e um Fiat 147 Racing, do mesmo ano, integrante do “Amigos do 147”, que se destacou entre os clubes de marcas contemporâneas por seu acervo, formado por outros veículos da marca ítalo-brasileira, difíceis de serem encontrados nos dias de hoje em boas condições de uso e conservação, como um Spazio 1983, com placas pretas, e um Fiorino Furgão.

FNM D-11000 de 1967

Uma Kombi, transformada em food truck, um Opala, com estrutura tubular em aço carbono e motor de seis cilindros com três carburadores Weber 45, preparado especialmente para provas de arrancada pela Auto Mecânica Allen, de Osasco/SP, e um cavalo mecânico FNM D-11000 de 1967, que após anos de trabalho árduo passou por uma completa revitalização para marcar presença em aberturas de provas de Fórmula Truck, também chamaram as atenções de dezenas de pessoas.

Buggy Club Litoral-SP. Abaixo Kombi Food Truck e Opala de Arrancada da Mecanica Allen

Segundo Fernando Coraça, que junto com os amigos Fábio Ruiz e Rodrigo Rodrigues estiveram à frente da organização, as consequências da chuva que caíram sobre a região da Baixada Santista durante o final de semana, inviabilizaram a participação de uma maior quantidade de veículos em relação à primeira edição do evento, que reuniu 400 carros, em 2016. No entanto, a receptividade perante o público e expositores foi favorável, e de acordo com os organizadores o evento dispõe de grandes possibilidades de crescimento para os próximos anos, igualando-se aos maiores encontros de antigomobilismo do Brasil.

ÁLBUM DE IMAGENS

 

Texto e Fotos: Eduardo Rodrigues
Edição: Fatima Barenco

Espalhe por aí!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp