Ambrela
Clássicos em video

FNM JK: à frente de seu tempo

O antigomobilista de São Paulo Henrique Romanos, de 50 anos, cresceu às voltas com os sedans brasileiros maiores daquela época: Aero Willys, Simca Chambord e… FNM 2000 JK, esse o predileto, já que seu pai teve um, com o qual lhe buscava na escola. É claro que o desejo de ter um ficou latente durante toda a vida e o sonho foi realizado há 10 anos.

Produzido pela estatal Fábrica Nacional de Motores, em Xerém, distrito de Duque de Caxias – RJ, o 2000 JK foi lançado em 1960. Em 1964, com o Golpe Militar, teve o ‘JK’ retirado do nome, já que os militares não eram lá muito fãs do ex-presidente Juscelino Kubitschek.

De baixa produção e bastante caro, o FNM JK era o mais moderno automóvel brasileiro nos anos 1960: projeto e mecânica da italiana Alfa Romeo, câmbio de 5 marchas, cabeçotes em alumínio, linhas bem esportivas e detalhes muito charmosos como o escapamento que saia da ponta do para-choque, o velocímetro horizontal e o retrovisor interno fixado no painel. Sem contar é claro, o inconfundível ‘cuore’ na grade.

Quem conta essa história é o pessoal do Fanáticos por Antigos.

Espalhe por aí!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Novidades dos Classificados

Informativos pelo WhatsApp